Home office: como ser sustentável no trabalho remoto

16/04/2021

Imagem - Mulher trabalha de casa. Foto: megostudio / Envato

Mulher trabalha de casa. Foto: megostudio / Envato

É verdade que trabalhar em casa reduz a necessidade de atividades com alta emissão de carbono, como viagens aéreas e deslocamentos para o trabalho de carro ou de ônibus, mas um relatório da More Than Now, agência especializada em ciências comportamentais, e da London School of Economics, indica que os benefícios ambientais do home office podem ser anulados por maus comportamentos domésticos.

Segundo o documento, as empresas devem compreender esta nova realidade e procurar influenciar os seus funcionários enquanto trabalham em casa. As ações propostas pela pesquisa vão desde oferecer opções para fomentar o consumo de energias sustentáveis, passam por hábitos como não abusar do ar-condicionado, de aparelhos eletrônicos e chegam ao descarte correto e ambientalmente responsável do lixo reciclável.

Fundador da More Than Now, James Elfer explica que as organizações já não podem falar em compromisso com o meio ambiente sem incluir a sustentabilidade em iniciativas voltadas à conscientização dos funcionários em regime de trabalho híbrido ou 100% remoto.

“A mudança para o trabalho híbrido está acontecendo no meio de uma crise climática e sanitária, mas essa tendência veio para ficar e vai influenciar diretamente a maneira como viajamos, as tecnologias que usamos, a quantidade dos resíduos que geramos, o tipo de comida e a água que consumimos em casa”, avalia James.

Para Sara Thompson, diretora de RH do Phoenix Group, gigante do ramo de seguros no Reino Unido, uma das companhias que encomendou o relatório, Elfer tem toda razão. “A pesquisa destaca a importância de levar em consideração o impacto ambiental dos funcionários que trabalham em casa e incluí-lo nos projetos de sustentabilidade das organizações”, diz Thompson.

“As empresas e os funcionários se adaptaram ao home office com uma rapidez incrível e também podem, como a mesma velocidade, se adaptarem à práticas mais sustentáveis. São ações importantíssimas para garantir o futuro sustentável do planeta,” completa Sara.

Veja abaixo algumas recomendações do relatório

  • Oferecer dispositivos de programação para computadores entrarem no "modo econômico" ou de "espera" após um tempo pré-determinado
  • Incentivar o consumo de produtos e alimentos sustentáveis
  • Incentivar o descarte correto e ambientalmente responsável do lixo doméstico
  • Influenciar comportamentos compartilhando e celebrando o progresso em direção às metas ambientais da organização
  • Substituir definitivamente reuniões presenciais por reuniões virtuais, principalmente as que necessitam de deslocamento entre cidades, estados e países

Texto produzido em 15/04/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados