Santos está entre as cidades brasileiras que melhor gerenciam resíduos

05/09/2019

Imagem - Alta pontuação da cidade no Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana demonstra sua adesão ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Foto: Fani Moraes

Alta pontuação da cidade no Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana demonstra sua adesão ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Foto: Fani Moraes

A cidade de Santos ficou entre as três primeiras cidades do Brasil na gestão de resíduos, no Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU). A região já é líder na categoria no Estado de São Paulo.

Em uma escala de avaliação de 0 a 1, o município atingiu a pontuação 0,736. Quanto mais próximo de 1, maior é a adesão do local ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), projeto estabelecido por lei que propõe diretrizes sobre a gestão integrada e gerenciamento adequada dos resíduos.

Para o secretário de Meio Ambiente de Santos, Marcos Libório, o feito é motivo de grande reflexão para a população.

“Hoje, trabalhamos com conceito forte de redução de resíduos e destinação correta, tanto da parcela de orgânicos como de recicláveis. Temos buscado com êxito esses resultados, tanto no que se refere à redução do que vai para aterro quanto ao aumento do material destinado para reciclagem”, declarou Libório ao site da prefeitura de Santos.

O Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana é organizado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana e pela consultoria PricewaterhouseCoopers, e é um grande medidor da adesão ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos pelas cidades brasileiras. Atualmente, mais de três mil municípios participam, e a divulgação do resultado é baseada na comparação das cidades que contam com mais de 250 mil habitantes.

 

Fontes: Prefeitura de Santos, Jornal da Orla

 

Texto produzido em 05/02/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados