Empresas criam aliança global contra resíduos plásticos

11/10/2019

Imagem - Foco do investimento e das ações será na região sudeste da Ásia, onde existe falta de coleta de resíduos e contaminação plástica em rios. Foto: Mali Maeder / Pexels

Foco do investimento e das ações será na região sudeste da Ásia, onde existe falta de coleta de resíduos e contaminação plástica em rios. Foto: Mali Maeder / Pexels

No início de janeiro de 2019, empresas globais fecharam um acordo para reduzir o descarte de plásticos no meio ambiente. Para essa medida criou-se um fundo no valor de cerca de 1 bilhão de dólares, a ser utilizado na elaboração de projetos e tecnologias voltados ao problema. A meta é que o investimento aumente em até 1,5 bilhão nos próximos cinco anos.

Batizada de Alliance to End Plastic Waste (Aliança para o Fim dos Plásticos), a ação conta com a participação de 30 empresas do setor de plástico e de bens de consumo. Shell, ExxonMobil, Dow e Procter & Gamble são algumas das envolvidas no projeto, que tem o objetivo de eliminar e reciclar os resíduos plásticos, além de desenvolver uma economia circular com base nesses produtos.

Segundo o portal Eco-Business, a aliança inclui um programa para auxiliar o lançamento de um sistema de gestão de resíduos em cidades onde a estrutura é deficiente e pretende criar um centro de informações global de projetos de gerenciamento de resíduos. A instituição também fechou parcerias com prefeituras de outras cidades para a projeção de sistemas integrados de gestão de resíduos em áreas urbanas com menos estrutura, principalmente aquelas formadas por rios que despejam rejeitos nos mares.

O foco do investimento será na região sudeste da Ásia, onde existe falta de coleta de resíduos e contaminação por plástico nem rios como Yangtzé, na China, e o Ganges, na Índia.

O programa conta também com a parceria do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD), que trabalha para acelerar o desenvolvimento sustentável, da instituição especializada em gestão de investimentos, Circulate Capital, e da consultoria NewMuse, de Nova York.

“Este é um desafio global complexo e sério que exige uma ação rápida e uma liderança forte. Essa nova aliança é um esforço mais abrangente até o momento para acabar com o lixo plástico no ambiente. Peço a todas as empresas, grandes e pequenas de todas as regiões e setores, que se juntem a nós”, disse o diretor executivo da Procter & Gamble e presidente da Alliance to End Plastic Waste, David Taylor, em publicação na página da Aliança.

Fontes: Eco-Business, Embalagem Marca

Texto produzido em 28/06/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados