Heineken inaugura parque no Ceará para produzir energia renovável

06/03/2020

Imagem - Espaço dispõe de 14 aerogeradores, responsáveis pela geração eólica, e tem a capacidade de 112 mil MWH/ano por meio da força dos ventos. Foto: Heineken / Divulgação

Espaço dispõe de 14 aerogeradores, responsáveis pela geração eólica, e tem a capacidade de 112 mil MWH/ano por meio da força dos ventos. Foto: Heineken / Divulgação

Uma marca de cerveja que deixará de emitir 12 mil toneladas de CO2 por ano em sua produção? Este é o novo projeto da cervejaria holandesa Heineken, que anunciou a inauguração de um parque eólico (energia por meio do vento) em Acaraú, no Ceará. O objetivo da instituição, que assim como outras empresas segue uma tendência global ligada à sustentabilidade, é adaptar suas operações para o uso de geração renovável de energia.

Com o objetivo de diminuir a emissão de CO2 durante o processo de fabricação da cerveja, o novo parque dispõe de 14 aerogeradores, responsáveis pela geração eólica, e tem a capacidade de 112 mil MWH/ano por meio da força dos ventos. Para a obra foi investido 200 milhões de reais e, segundo a corporação, 13 mil empregos já foram gerados devido ao projeto.

"Neste primeiro momento, estamos investindo ainda mais esforços nos pilares de consumo responsável e de redução de emissões de CO2. Nesse sentido, fazer mais com menos será a premissa da nossa atuação", afirma a gerente de Sustentabilidade do grupo no Brasil, Ornella Vilardo, ao site do jornal O Povo.

Um brinde à energia limpa

No Brasil, o Grupo Heineken já conta com outras fontes de energia limpa no seu processo de produção, como as caldeiras de biomassa nas unidades de Ponta Grossa (PR), Araraquara (SP), Alexânia (GO), Caxias (MA) e Itu (SP).

Até 2023, a empresa pretende levar o processo eólico às suas outras 12 sedes. “Estamos olhando para um futuro próximo, no qual teremos 100% da nossa operação brasileira funcionando a partir de energia limpa até 2023”, afirmou Nelcina Tropardi, Vice-presidente de Assuntos Corporativos & Sustentabilidade do Grupo Heineken ao portal Hypeness.

Fontes: Hypeness, O Povo Online

Texto produzido em 06/09/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados