Recicla Sampa - Mutirão coleta 373 bitucas em meia hora na praia de Maresias
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Mutirão coleta 373 bitucas em meia hora na praia de Maresias

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Iniciativa da Operação Ondas Limpas busca entender impacto do lixo nas areias do Brasil. Foto: Divulgação / Sea Shepherd

Organização internacional sem fins lucrativos com foco na conservação da vida marinha, a Sea Shepherd promoveu no último domingo (7) uma limpeza de praia simbólica em Maresias, litoral norte de São Paulo.

A iniciativa integra as atividades da Operação Ondas Limpas e tem como objetivo contabilizar e entender o impacto do lixo descartado nas areias das praias brasileiras.

De acordo com os organizadores da ação, em apenas meia hora foram coletados 373 bitucas, 57 canudos, 37 hastes (de cotonete e pirulito) 300 itens de plástico mole, 85 tampas plásticas e 92 tampas metal.

“Em 30 minutos andando pelas areias, além de garrafas plásticas, latinhas, vidros e isopor, encontramos calcinhas e até absorventes íntimos femininos”, lamenta a equipe da ONG.

Pesquisa Lixo Fora D’Água

Segundo a pesquisa Lixo Fora D’Água, a cada oito quilômetros, os banhistas brasileiros vão se deparar com 150 mil resíduos plásticos, cerca de 18 mil por quilômetro.

Ainda de acordo com o levantamento, nos mesmos oito quilômetros, foram detectados cerca de 200 mil bitucas, 15 mil lacres, tampas e anéis de lata, sete mil palitos de sorvete e churrasco, além de 19 mil hastes plásticas de pirulitos e cotonetes.

Em andamento desde 2018, o Lixo Fora D’Água identificou que as três principais fontes de poluição marinha são as comunidades nas áreas de palafitas, os canais de drenagem que atravessam a malha urbana e a própria orla da praia em sua faixa de areia.

Sea Shepherd

Fundada em 1977 pela lenda viva do ativismo ambiental, Capitão Paul Watson, a Sea Shepherd tem como propósito defender, conservar e proteger a vida na água e ecossistemas marinhos.

Em sua missão, usa táticas inovadoras e não-violentas de ação direta para investigar, documentar, estudar e agir quando necessário.

O objetivo é expor e confrontar atividades predatórias e ilegais nos oceanos do mundo todo. “Ao proteger a biodiversidade de nossos delicados ecossistemas marinhos, a Sea Shepherd busca garantir a sobrevivência do oceano para futuras gerações”, afirma em nota o site da organização.


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024