Recicla Sampa - Reciclar água pode ser solução para escassez
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Reciclar água pode ser solução para escassez

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Aproveitar a água da chuva é uma alternativa para regar as plantas de uma maneira mais sustentável. Foto: DJTaylor / Shutterstock

Com o aquecimento global e as mudanças climáticas, a água se tornou um recurso escasso em muitas regiões. A expectativa é de que esse fenômeno se agrave ainda mais futuramente. Como uma alternativa, a ONU propôs o reaproveitamento da água para evitar extrair o recurso da fonte.

A solução já foi adotada em alguns países. Windhoek, capital da Namíbia, é precursora nessa tecnologia e produz sua água potável desde os anos 1960. Singapura, Israel e EUA também se destacam quando o tema é água de reúso.

Em Tel Aviv, capital de Israel, a água que escorre pelos ralos vai para estações de tratamento e é recuperada. No processo de purificação, o esgoto é bombeado para dentro da terra e novamente retirado. Depois passa por tratamentos físicos, químicos e biológicos na Estação de Tratamento de Águas Residuárias Shafdan, a maior do Oriente Médio.

No Brasil, a técnica ainda é pouco utilizada, mas poderia ser uma ótima aliada para o enfrentamento desses períodos difíceis de crise hídrica com as contas de luz ficando mais caras e o Sistema Cantareira com volume semelhante a 2013, período pré-crise hídrica.

A medida evita que mais água seja retirada dos mananciais. De acordo com a ONU, a água de reúso não seria destinada necessariamente para o consumo das pessoas. Ela iria, por exemplo, para a agricultura e refrigeração das centrais elétricas na indústria, processos que consomem uma grande quantidade de água doce.

Outra vantagem é que trata-se de um recurso mais barato e mais eficiente energeticamente do que a dessalinização da água do mar, outra solução possível e já apresentada por alguns especialistas.

Um grande empecilho para a popularização da tecnologia é o seu alto custo. Tratar as águas residuais custa cinco vezes mais do que tratar a água dos rios. 

Como forma de rentabilizar as instalações existe a possibilidade de gerar biogás e extrair os elementos fertilizantes (como nitrogênio e fósforo) a partir da recuperação do lodo. Apenas o fósforo tem a capacidade de satisfazer entre 20% e 30% da demanda por fertilizantes.

Texto produzido em 13/8/2021


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024