Recicla Sampa - Resíduo X Rejeito: entenda a diferença
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Resíduo X Rejeito: entenda a diferença

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Todo rejeito é um resíduo, mas nem tem todo resíduo é um rejeito. Foto: Nattaret Dechakanee / Shutterstock.com

Muitas vezes, as palavras resíduo e rejeito são confundidas. Para uma parte considerável das pessoas, é “tudo lixo”.

Mas não é bem assim e entender essa diferença é fundamental, principalmente porque ela está diretamente vinculada ao que pode ou não ser reciclado.

Importante destacar que todas as informações abaixo estão de acordo com o texto da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS - 12.305/2010).

Resíduos X Rejeitos

Resíduo é tudo aquilo que é descartado pela sociedade e pelas indústrias e chamado de lixo. Ele existe nas formas sólida (resíduos sólidos), líquida (efluentes) e gasosa (gases e vapores).

Já o rejeito é um tipo de resíduo sólido. Mais especificamente, o tipo que não pode ser reciclado ou reaproveitado.

Ou seja, todo rejeito é um resíduo, mas nem tem todo resíduo é um rejeito.

Segundo a PNRS, rejeitos são “resíduos sólidos que depois de esgotadas todas as possibilidades de tratamento e recuperação por processos tecnológicos disponíveis e economicamente viáveis, não apresentam outra possibilidade que não a disposição final ambientalmente adequada“.

Já os resíduos são materiais que podem ser reciclados ou reaproveitados e reinseridos na cadeia de produção.

“Resíduo é o termo correto para designar algo que foi descartado, que não tem mais utilidade. Porém, passa a ter utilidade em outro processo produtivo, como matéria-prima na indústria, por meio da reciclagem. Já o termo rejeito foi criado para designar algo que não pode ser reutilizado, reciclado ou compostado”, explica em entrevista Veronica Polzer, arquiteta e urbanista e consultora na área de gerenciamento de resíduos e políticas públicas.

Mas o que é lixo?

Lixo é uma palavra do passado, que deve ser substituída pelo termo resíduo. No dicionário, se você for procurar, vai encontrar algo como “qualquer material sem valor ou utilidade, ou detrito oriundo de trabalhos domésticos, industriais etc. Algo que se joga fora.”

“A palavra lixo, que associada a qualquer coisa imprestável, nociva e que não tem valor, passa a ser substituída por resíduo. Essa substituição dá a conotação de que não tendo valor ou utilidade para uns, para outros corresponderá a benefícios, ou seja, com um valor de uso positivo”, define a bióloga Carla Grasiele Zanin Hegel.

Texto produzido em 7/3/2022


Últimas

Dicas de Reciclagem

Como a reciclagem do lixo ajuda o meio ambiente

Entenda por que separar corretamente o lixo reciclável contribui para um mundo sustentável

27/02/2024
Notícias

Assembleia da ONU para o Meio Ambiente começa no Quênia

Encontro busca definir prioridades e desenvolver legislação ambiental internacional

26/02/2024
Notícias

Indicadores da coleta de lixo melhoram no Brasil, indica Censo

Com 99% da população atendida, São Paulo e outras capitais lideram ranking brasileiro

23/02/2024
Notícias

Um caminhão de roupas é descartado por segundo no mundo

Indústria da moda é responsável por 10% das emissões de gases do efeito estufa

22/02/2024