Recicla Sampa - Saiba como descartar amianto corretamente
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Saiba como descartar amianto corretamente

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Resíduo deve ser coletado por empresas especializadas e descartado em aterros licenciados. Foto: goccedicolore.it / shutterstock.com

Com alguma frequência, recebemos em nossos canais de atendimento a seguinte pergunta: como descartar amianto corretamente em São Paulo?

Muito comum em caixas d’água e telhas de edificações e construções antigas, o amianto é um material que pode causar diferentes doenças e já está proibido em 45 países, entre eles o Brasil.

Estudos indicam, por exemplo, que suas fibras são responsáveis pela maioria dos cânceres de pulmão ocupacionais.

Por isso, ainda em 2002, a resolução 307 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) já classificava a substância como Classe D (perigosa).

Mas foi em 2017 que os ministros do STF seguiram a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e decretaram sua proibição definitiva na indústria brasileira.

Como descartar amianto em SP

Atenção! Nunca descarte amianto em caçambas comuns de entulho, em EcoPontos ou na coleta seletiva domiciliar.

Por ser um resíduo especial de Classe D, o amianto precisa ser descartado em aterros licenciados pelo órgão ambiental competente. No caso aqui de São Paulo, a Cetesb.

Portanto, você vai precisar contratar uma empresa especializada e devidamente cadastrada na Agência Reguladora de Serviços Públicos de São Paulo (SP Regula).

Clique aqui e encontre a lista das empresas licenciadas em SP

Cuidados no descarte do amianto

Identifique corretamente os materiais que contêm amianto: verifique as informações no rótulo do produto ou, se necessário, procure a ajuda de um profissional especializado.

Use equipamentos de proteção individual (EPIs): ao manusear o amianto, é importante usar máscara, luvas, óculos de proteção e macacão.

Evite cortar, serrar ou perfurar o material: essas atividades podem causar a liberação de fibras de amianto no ar. O ideal é remover as peças inteiras e sem quebra.

Embale o material corretamente: o amianto deve ser embalado em sacos resistentes e etiquetados como "resíduo perigoso" para evitar sua dispersão.


Últimas

Notícias

Brasil pode alcançar 95% de energia renovável até 2026

Pesquisa coloca país na vanguarda mundial da transição energética

04/03/2024
Notícias

Dia Mundial dos Catadores de Lixo Reciclável celebra luta da categoria

Data promove reflexão sobre responsabilidade coletiva em dar dignidade aos trabalhadores

01/03/2024
Notícias

Cidades do futuro e os caminhos para um mundo sustentável

Demandas apontam para harmonia entre desenvolvimento urbano e preservação ambiental

29/02/2024
Notícias

Projeto de lei quer celulares com baterias removíveis e substituíveis

Regra evitaria que milhões de aparelhos sejam inutilizados e descartados precocemente

28/02/2024