Recicla Sampa - 5 iniciativas que nos fazem acreditar em um mundo melhor
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

5 iniciativas que nos fazem acreditar em um mundo melhor

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Lápis Sprout. Foto de divulgação: sproutworld.com

Preservação do meio ambiente, menos geração de resíduos ou lixo zero, ações sustentáveis, educação ambiental e responsabilidade social. Já ouviu falar de tudo isso? Pois bem, não existe uma única pessoa no mundo que ainda não tenha visto esses termos nas pautas de jornais, nas disciplinas escolares e no dia a dia. Os assuntos estão cada vez mais populares.

Por que tanta popularidade? Porque aumenta cada vez mais a consciência de que os recursos naturais da Terra acabam e já se sente isso na pele. Com a população conscientizada, aumenta-se a pressão para que empresas, governo e sociedade se mexam e tenham atitudes responsáveis.

Vários setores já estão cedendo a essa pressão positiva e encontraram formas criativas para colaborar com o ecossistema e com o bem-estar do ser humano. Confira cinco iniciativas que nos fazem acreditar em um mundo melhor:

1. O lápis que vira planta

Várias marcas já tiveram a ideia de colocar na pontinha do lápis sementes de plantas. Quando o lápis estiver acabando, não precisa ir direto para o lixo. Ele pode ser enterrado de cabeça para baixo no solo e assim nasce uma nova plantinha. O lápis não é muito caro. Está em torno de R$ 2,80 a unidade. Levando em conta que demora muito para ele acabar, trata-se de um bom investimento.

Onde comprar?

Amazon

Ecologic – Brindes sustentáveis

Meditar e relaxar

Foto1

2. A cápsula de café que é reciclada

Quer ser uma pessoa sustentável, porém é viciado em capsulas de café e não sabe o que fazer com elas depois de usadas? Tudo bem, não se apavore! Todo mundo sabe que o alumínio e o plástico das capsulas de café podem causar danos ambientais, inclusive as próprias empresas que produzem o produto.

Para causar menos impactos ambientais, as companhias reciclam o material e a sobra do café que fica no “fundinho” da capsula também é reaproveitado como adubo orgânico.

As empresas já recebem as cápsulas usadas em suas lojas físicas ou pelo correio. Saiba aonde ir, clicando no link abaixo.

Nespresso

Café Pelé, Pilão e L’OR
 

A Dolce Gusto e o Café Três Corações possuem pontos de coletas nos seguintes endereços:

Dolce Gusto – São Paulo

Dolce Gusto – Rio de Janeiro

Dolce Gusto – Curitiba

Café Três Corações – Fortaleza

3. Telhas translucidas de garrafa pet que diminuem a conta de luz

Muito já se sabe que o plástico é o inimigo número um do meio ambiente. Porém, o que não se pode negar é que a reciclagem do material criou oportunidades de negócios. É o caso de empresas que produzem telhas translucidas de garrafa pets. Lugares que necessitam de luz para trabalhar como oficinas de carro, atelieres e marcenarias já aderiram ao material e verificaram economia na conta de energia elétrica, pois a luz do sol passa com muita qualidade pela telha. A média de preço é de R$ 15 a unidade, R$ 75 a menos em comparação às tradicionais de barro. Há quem comercialize e aqueles que preferem aderir ao “faça você mesmo”.

Clique nos links a seguir e saiba onde encontrar uma telha reciclável: Distel; Telhas e Cia e Walmart.

Na linha “mãos à obra”, para fazer uma telha de garrafa de refrigerante pet de 2 litros, siga os passos abaixo:

  1. Corte o fundo e o bico da garrafa. Ficará como se fosse um cilindro
  2. Agora, corte o cilindro ao meio para que fiquem duas partes iguais
  3. Vire um côncavo para cima e outro para baixo, formando um “S”
  4. Utilize um grampeador de marcenaria para juntá-las
  5. Encaixe quantas telhas quiser para formar o telhado que necessita.

Fontes: Amazon; The Shoe That Grows e Making Sense of Things

Foto1

4. O varal da solidariedade

A campanha do Agasalho é uma iniciativa muito positiva para doação de roupa usada, mas dura apenas no período do inverno. O frio passa, mas a atitude pode continuar. Tem muita gente que ainda precisa de roupas para se vestir e não tem dinheiro para comprar. Pensando nisso, alguns grupos de pessoas com boa vontade criaram o varal solidário. São varais com pregadores que ficam em locais de fácil acesso. Lá, quem quiser doar, basta pendurar a roupa e aqueles que precisam pegam o acessório. Confira quais locais onde deixar as peças:

São Paulo

Foto1
The shoe that grows. Foto de divulgação/ theshoethatgrows.org

5. O sapato que aumenta de tamanho

Depois de passar um tempo na África e ver uma menininha de vestido branco com sapatos muito apertados porque não tinha dinheiro para comprar novos, o executivo americano Kenton Lee pensou “por que não produzir sapatos que crescem?”. Com isso, Kenton fez um calçado que aumenta de tamanho em até cinco números. Ele doou para crianças africanas e também ajudou na erradicação de doenças parasitárias que têm contágio por meio da sola do pé com o chão. Além disso, ele fundou uma organização que faz a logística entre pessoas e empresas que desejam enviar esses calçados para a criançada da África.

Assista um vídeo rápido sobre os sapatos aqui.

Quer enviar sapatos para as crianças, basta clicar aqui para saber mais.


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024