Apple amplia componentes reciclados em aparelhos e acessórios

26/04/2022

Imagem - Empresa rebate acusação do MP e informa que vai aumentar vida útil dos equipamentos. Foto: Divulgação

Empresa rebate acusação do MP e informa que vai aumentar vida útil dos equipamentos. Foto: Divulgação

Gigante global do ramo da tecnologia, a Apple divulgou detalhes sobre a ampliação do uso de componentes reciclados na fabricação de MacBooks, iMacs, iPhones e outros acessórios.  

Em uma reportagem publicada em seu site institucional, a empresa anunciou que dobrou o uso de metais raros reaproveitados na produção dos diferentes itens, além de apresentar pela primeira vez uma espécie de certificação de ouro reciclado.

A nota também rebate a acusação do MP público da Bahia de obsolescência programada e afirma que vai aumentar o tempo de vida útil dos aparelhos.

De acordo com os números divulgados, quase 20% do material utilizado na fabricação dos produtos em 2021 vieram da cadeia de reciclagem, um recorde para a companhia.

Ainda segundo os dados, mais da metade do alumínio utilizado pela empresa veio de fontes recicladas.

Já o uso de plástico nas embalagens representou 4% do total, uma redução de 75% desde 2015, ano em que os esforços de sustentabilidade ambiental começaram a ganhar espaço nas fábricas.

Os planos da empresa, assim como da grande maioria das multinacionais, incluem abolir por completo o uso de plástico nas embalagens e produtos até 2025.

Lisa Jackson, vice-presidente de Meio Ambiente e Iniciativas Sociais da Apple, afirma que o objetivo da organização é um dia conseguir produzir sem extrair nenhuma matéria-prima virgem do planeta.

A executiva ainda destaca a postura vanguardista da empresa na promoção de uma economia circular global.

“Com nosso ritmo acelerado de inovação, já conseguimos auxiliar nossas equipes a usar os produtos de hoje para criar o que será vendido amanhã e com a transição da nossa cadeia global de fornecimento para a energia limpa, estamos trilhando um caminho que outras empresas podem seguir”, comenta Jackson.

Texto produzido em 26/4/2022

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados