Brasileira inventa garrafa que torna qualquer água potável

11/01/2022

Imagem - Bárbara Paiva, criadora do Aqualux. Foto: Divulgação Red Bull Basement / Donatelo Ferraz

Bárbara Paiva, criadora do Aqualux. Foto: Divulgação Red Bull Basement / Donatelo Ferraz

Usar a imaginação, as novas tecnologias e criar soluções inteligentes são os principais desafios das novas gerações para construir um mundo sustentável ambientalmente.

E foi exatamente isso que Bárbara Paiva, estudante da Universidade Federal de Ouro Preto, conseguiu ao criar a Aqualux, uma garrafa que torna qualquer água potável.

Destaque do Red Bull Basement, iniciativa da gigante dos energéticos para incentivar projetos capazes de transformar vidas, a brasileira desenvolveu uma garrafa portátil para esterilização de água por radiação, com filtro carregado a luz solar.

"O projeto está sendo desenvolvido também pensando em facilitar a vida de esportistas e campistas, mas o foco principal é democratizar a água potável para pessoas que não têm acesso a saneamento básico", explicou Bárbara.

A ideia surgiu durante o mestrado da jovem, que estuda a esterilização de parasitas via radiação. "Pensei em aplicar isso para ajudar as pessoas de forma simples e viável", revela a pesquisadora.

Foram 443 equipes brasileiras inscritas e as informações são de que Paiva impressionou a bancada de jurados. Agora, a campeã nacional do concurso representa o Brasil na Final Global neste mês de dezembro em Istambul, capital da Turquia.

Para conquistar a vaga na final, Bárbara enfrentou um longo trajeto. A caminhada começou com uma avaliação da comunidade local, que foi levada em conta para a decisão final, e venceu a seleção dos 10 projetos finalistas.

“O Aqualux é um produto extremamente interessante dadas às suas características técnicas e do ponto de vista dos benefícios que oferece", comenta Tallis Gomes, fundador da Easy Taxi e um dos principais nomes do empreendedorismo nacional.

"Agora, precisamos focar no desenvolvimento de alguns pontos: tornar o empreendimento escalável, mapear os diferenciais competitivos mais atrativos para os investidores e ampliar o mercado de potenciais consumidores", completa Gomes.

Texto produzido em 11/1/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados