Recicla Sampa - Cada quilômetro de praia no Brasil tem 25 mil bitucas
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Cada quilômetro de praia no Brasil tem 25 mil bitucas

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Dados foram revelados pela segunda fase do projeto de pesquisa Lixo Fora D´Água. Foto: AlessandroZocc / shutterstock.com

Não, você não leu errado. A cada quilômetro de praia no Brasil foram descartadas cerca de 25 mil bitucas de cigarro na areia, é o que revelam os dados da segunda fase do projeto Lixo Fora D’Água.

Capitaneada pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), a iniciativa busca combater as fontes de poluição marinha por resíduos sólidos.

O projeto conta com apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Santos e da Agência de Proteção Ambiental da Suécia.

Ainda segundo a pesquisa, a cada oito quilômetros, os banhistas vão se deparar com 15 mil lacres, tampas e anéis de lata, 150 mil fragmentos de plásticos diversos, sete mil palitos de sorvete e churrasco, além de 19 mil hastes plásticas de pirulitos e cotonetes.

Em andamento desde 2018, o Lixo Fora D’Água identificou que as três principais fontes de poluição marinha são as comunidades nas áreas de palafitas, os canais de drenagem que atravessam a malha urbana e a própria orla da praia em sua faixa de areia.

De acordo com o estudo, além das bitucas, os resíduos mais encontrados nas praias são os materiais plásticos e o isopor: plástico filme, pequenos tubos plásticos, hastes plásticas e isopor (52,5%); a bituca de cigarro, responsável por 40,4% do lixo coletado; e borracha, metal, madeiras, embalagens e outros (7,11%).

Os resultados desse projeto inédito são fundamentais para enfrentar o problema do lixo no mar, explica Carlos Silva Filho, diretor presidente da Abrelpe.  

“Mais do que limpar praias e retirar resíduos do oceano, o plano de ação permitirá às cidades o desenvolvimento de melhores práticas para evitar que os resíduos continuem a poluir o estuário e a orla da praia”, revela Silva.

Portanto, se você é fumante e vai à praia agora no Verão, por favor, leve seu cinzeiro e em hipótese nenhuma descarte as bitucas na areia, na costeira ou no oceano.

Além do nocivo impacto ambiental nas águas, os animais marinhos confundem esses resíduos com alimentos e acabam morrendo, ou por intoxicação ou por inanição.

Assuma a responsabilidade pelos resíduos que você gera e pare de fumar! 


Últimas

Notícias

O papel da Economia Circular na sustentabilidade do planeta

Entenda a importância da transição para novos modelos de produção e consumo

12/04/2024
Dicas de Reciclagem

Cotonetes de plástico não são reciclados no Brasil

Conheça opções de hastes plásticas sustentáveis a preços acessíveis

11/04/2024
Notícias

Construção de casas sustentáveis cresce no Brasil

Número de residenciais verdes no país cresceu 40% entre 2022 e 2023

10/04/2024
Notícias

InfluenceMap revela quem são os grandes poluidores do mundo

Relatório aponta para 57 organizações dos setores de combustíveis fósseis e cimento

09/04/2024