Coletor é gravemente ferido por caco de vidro em Marília

11/09/2021

Na manhã da última segunda-feira (6), um coletor da cidade de Marília, interior de São Paulo, sofreu um corte profundo causado por um caco de vidro enquanto fazia a coleta do lixo comum. O resíduo havia sido descartado de forma incorreta misturado ao lixo doméstico.

Segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, os servidores realizavam o recolhimento no bairro Monte Castelo quando o acidente aconteceu em frente à uma residência.

Após o corte, o coletor foi prontamente socorrido pelos colegas e encaminhado para o hospital da região, onde recebeu os devidos cuidados médicos. O profissional passa bem, mas não há previsão de retorno ao trabalho.

Imagem - Vidro quebrado. Foto: MaryMistan / Shutterstock

Vidro quebrado. Foto: MaryMistan / Shutterstock

Faça sua parte!

Descarte corretamente vidro e objetos pontiagudos como agulhas e seringas e evite que novos acidentes possam acontecer com os nossos heróis da coleta, fundamentais para o funcionamento de qualquer cidade.

Além deles, é importante lembrar que os trabalhadores das centrais de triagem de lixo reciclável também podem se machucar com um lixo cortante ou perfurante mal descartado.

Por isso, o nosso porta-voz, Thaíde, explicou como você pode fazer a sua parte na hora de descartar o seu lixo domiciliar.

“Embale tudo que possa furar, cortar ou ferir. Depois, feche com uma fita adesiva e identifique que ali tem objetos perigosos. Lembrando que o vidro quebrado, vai sempre no reciclável, de preferência separado do restante. Seringas não vão nem no lixo comum, nem no lixo reciclável. O ideal é entregar numa unidade de saúde. Espetos podem ir no lixo comum e também é bom separar do restante do lixo. É mais seguro para o coletor”, ensinou o rapper.

Texto produzido em 11/9/2021 

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados