Recicla Sampa - Coreia do Sul decreta fim das sacolas plásticas
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Coreia do Sul decreta fim das sacolas plásticas

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Sacolas plásticas. Foto: Coco Parisienne / Pixabay

Com centenas de anos para se decompor, as sacolas plásticas têm um custo alto para o meio ambiente. Além de poluírem quando são descartadas de maneira incorreta, são produzidas por materiais tóxicos (como o petróleo, por exemplo) e podem até ser ingeridas por animais marinhos quando chegam aos oceanos. É por esse motivo que diversos países estão aplicando medidas para redução no uso deste material, como fez agora a Coreia do Sul.

O Ministério do Meio Ambiente anunciou no último dia de 2018 a proibição das sacolas plásticas de uso único nos principais varejistas locais. Segundo a lei, os sacos devem ser substituídos por recipientes recicláveis, ecobags ou sacos de papel. O objetivo é promover a reciclagem em um esforço para conservar os recursos naturais e gereciar os resíduos recicláveis.

De acordo com o comunicado realizado pela Xinhua, agência pública de notícias da China, a proibição valerá para grandes varejistas, incluindo cerca de 2 mil outlets, 11 mil supermercados de grande porte com área útil de 165 m² ou mais, e 18 mil padarias. Entre janeiro a março de 2019, o governo coreano incentivará intensivamente as lojas afetadas a seguirem a regra. O infrator receberá multa de até 3 milhões de won, o equivalente a 2.700 dólares.

Dados do Fórum Econômico Mundial estimam que existam cerca de 150 milhões de toneladas de plástico nos mares do mundo e que, caso nenhuma medida seja adotada, até 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. De acordo com matéria da CNN, o Ministério afirma que também vai liderar esforços para conter o uso de outros itens plásticos descartáveis, incluindo canudinhos.

Fontes: Agência Brasil , Xinhua, Fórum Econômico Mundial, CNN

Texto produzido em 04/01/2018

 


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024