Recicla Sampa - Designer brasileira desenvolve tênis à base de plantas
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Designer brasileira desenvolve tênis à base de plantas

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Tênis desenvolvido pela ARCAS BEAR. Foto: Divulgação

Marca idealizada pela brasileira Cynthia Arcas, a ARCAS BEAR desenvolveu um método sustentável de confecção de calçados à base de plantas, com materiais reciclados e recicláveis, como coco, cortiça e algodão.

Além de não utilizar nenhum produto de origem animal, a designer ainda decidiu adotar a reciclagem pré-consumo nos processos de produção, quando os resíduos da fabricação de novos produtos são reaproveitados.

Esse tipo de medida evita a necessidade de tingir os tecidos e gera uma grande economia de água.

Outra solução encontrada foi fazer a parte de cima (cabedal) do calçado em algodão orgânico e garrafas de água recicladas, mais uma medida que dispensa novos tingimentos. Já na palmilha são utilizados materiais como coco e cortiça e a sola é feita de borracha reciclada.

E mesmo assim, para diminuir qualquer impacto que a empresa possa causar no meio ambiente e de quebra contribuir para o reflorestamento de áreas devastadas, a ARCAS BEAR planta duas árvores para cada par de tênis vendido.                                                                       

Pensando também na destinação correta na hora do descarte pelos consumidores, a empresa faz a logística reversa dos seus produtos e ainda oferece um cupom de desconto para a próxima compra.

“Queremos inspirar e nutrir as pessoas por meio de uma mentalidade ecologicamente consciente e de um estilo de vida movido por soluções inovadoras, sustentáveis e naturais”, diz o site da ARCAS.

A ARCAS BEAR está sediada na Califórnia, onde Cynthia vive atualmente, e fez a sua estreia no Brasil durante a Brasil Eco Fashion Week, em novembro de 2020.

A má-notícia é que o preço dos produtos é um pouco salgado e fica em torno de R$ 350, mas para quem tiver condição, vale muito a pena consumir desse tipo de empresa.

Texto produzido em 10/9/2021


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024