Recicla Sampa - Digital Colony adere ao Programa Green IT
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Digital Colony adere ao Programa Green IT

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Cabos de rede elétrica. Foto: saoirse2010 / Envato

Gigante mundial do ramo de infraestrutura, a Scala Data Centers, empresa do grupo Digital Colony, chegou ao Brasil no ano passado e já se tornou referência em sustentabilidade e responsabilidade ambiental para as nossas empresas.

Recentemente, a Scala anunciou sua adesão ao Green IT da Furukawa, organização japonesa centenária com atividades diversificadas nos segmentos de metais, telecomunicações e sistemas automotivos nos quatro cantos do mundo. O programa tem o objetivo de contribuir para o descarte adequado dos cabos de comunicação e energia.

Em resumo, o Green IT é um conjunto de ações simples que reduz significativamente a utilização de recursos não renováveis, economiza energia e protege o meio ambiente de materiais nocivos à natureza e à saúde humana.

"Temos na empresa uma área voltada à Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG, na sigla em inglês) e, recentemente, nos tornamos o primeiro data center na América Latina a migrar o consumo de energia totalmente para fontes renováveis. A parceria com o programa da Furukawa veio ao encontro dessa preocupação da empresa com a questão da sustentabilidade", afirma Stefan Potje, gerente de data center da Scala, ao site TI Inside.

Ainda segundo Potje, a Scala possui atualmente dois data centers em operação e outros dois em construção, todos na região metropolitana de São Paulo.

"No decorrer de 2020, fizemos a reforma de algumas áreas e promovemos melhorias na infraestrutura dos data centers. Essas ações geraram um volume de material que precisava ser descartado corretamente", revela Stefan.

Com a utilização do Programa Green IT, foram recicladas cerca de 2,5 toneladas de material provenientes dos dois data centers: 1.317 quilos do site na região central da capital paulista e 1.120 quilos do site Tamboré, na região da cidade de Barueri.

Esse volume representa aproximadamente 1.219 quilos de materiais contaminados com metais pesados que deixaram de ser depositados em aterros industriais. E os benefícios não param por aí. A reciclagem do material coletado propiciou uma redução na extração de minério de cobre estimada em 231 toneladas e uma economia no consumo de energia suficiente para abastecer 155 residências durante um mês.

"Temos todos o dever, como cidadãos, de nos conscientizarmos sobre a utilização de recursos renováveis, assim como buscar e implantar práticas para a sustentabilidade do planeta. A utilização de recursos renováveis e a redução no consumo de energia, além da própria preservação do meio ambiente, são fatores essenciais e compõem um dos pilares do nosso programa de ESG. E o Programa Green IT está alinhado a esse compromisso da Scala Data Centers", conclui Potje.

Texto produzido em 19/4/2021


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024