Empresa cria papel reciclável que vira planta

26/11/2019

Imagem - Papel pode ser replantado como semente ao invés de descartado no lixo. Foto: Reprodução / Facebook Papel Semente

Papel pode ser replantado como semente ao invés de descartado no lixo. Foto: Reprodução / Facebook Papel Semente

Já imaginou ganhar uma plantinha ao descartar cartões de visitas, convites de casamento, envelopes, caixas ou folders? Uma marca brasileira tornou essa ideia realidade ao desenvolver um papel reciclável e ecológico que, após ser utilizado, pode ser replantado como semente ao invés de descartado no lixo.

O produto, 100% biodegradável, é confeccionado de aparas coletadas por cooperativas certificadas de catadores de papel e sementes de flores, hortaliças e temperos são adicionados ao processo de confecção. Após o uso, é possível que a folha seja picada, molhada e plantada na terra e, em aproximadamente 20 dias, as mudas começam a aparecer.

A Papel Semente, empresa responsável pela invenção e comercialização do material desde 2009, disponibiliza várias opções de tamanhos e formatos das folhas. É possível criar flyers, folders, embalagens, etiquetas, bloquinhos de anotações, convites de casamento, caixas de sabonetes, envelopes, entre outros produtos.  

Coca-Cola, Renner, Nextel e Bradesco são alguns dos clientes que já aderiram à iniciativa sustentável. Além disso, a empresa, com sede em Guaxindiba, São Gonçalo (RJ), já exporta os papeis ecológicos para Angola, Portugal, Alemanha e Suíça. Em 2019, pretende lançar um e-commerce na Europa, com base em Paris.

“Quero que meu filho e netos vivam em um mundo mais justo e sustentável. O caminho para isso é a inovação social. É criar negócios de impacto. Aqui na Papel Semente empregamos a comunidade local e incluímos os catadores da cooperativa da região em nossa cadeia de valor: são nossos fornecedores”, disse Andrea Carvalho, uma das fundadoras da empresa em entrevista ao portal da Fiesp.

Fontes: Portal Fiesp ,Papel Semente

Texto produzido em 04/04/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados