Empresa de pneu desenvolve modelo que ajuda a despoluir o ar

28/11/2019

Imagem - A queima dos tradicionais pneus feito de plástico liberam toxinas poluentes e nocivas ao ambiente. Foto: Matteo Canessa / FreeImages

A queima dos tradicionais pneus feito de plástico liberam toxinas poluentes e nocivas ao ambiente. Foto: Matteo Canessa / FreeImages

Inspirados no conceito de economia circular e na redução do desperdício de materiais, a marca de pneus Goodyear apresentou durante o Salão Internacional do Automóvel de Genebra, em 2018, o Oxygene, protótipo de pneu sustentável que auxilia na despoluição do ar.

O modelo possui uma parede lateral onde há musgos vivos. A estrutura inteligente implantada absorve a umidade e o CO2 presente na superfície do solo para a realização da fotossíntese, resultando na liberação de oxigênio limpo para o ar. A energia gerada durante esse processo é também aproveitada para alimentar o sistema eletrônico de sensores a bordo, uma unidade de processamento de inteligência artificial. Essa carga também emite uma faixa de luz que alerta motoristas e pedestres sobre as manobras e mudanças da pista ou frenagem do carro.

Além disso, o pneu apresenta uma tecnologia chamada pela empresa de LiFi, uma conectividade móvel de alta capacidade à velocidade da luz, que permite que o aro de borracha se conecte à internet. O item é confeccionado em impressora 3D e utiliza pedaços de borracha reciclada de outros pneus.

"Infraestrutura e transporte mais inteligentes e ecológicos serão cruciais para enfrentar os desafios mais urgentes da mobilidade e do desenvolvimento urbano”, disse Chris Delaney, presidente da Goodyear para Europa, Oriente Médio e África, em comunicado divulgado na revista Época Negócios.

De acordo com as pesquisas desenvolvidas pela Goodyear, em uma área urbana de tamanho semelhante a de Paris, que dispõe de cerca de 2,5 milhões de veículos, a roda geraria em torno de 3 mil toneladas de oxigênio e absorveria mais de 4 mil toneladas de dióxido de carbono por ano. A criação, porém, não tem previsão para ser comercializada. Confira o vídeo de apresentação da peça.

 

Fontes: Exame, Época Negócios

Texto produzido em 26/06/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados