Recicla Sampa - Empresas brasileiras entram na onda ESG
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Empresas brasileiras entram na onda ESG

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Cresce o comprometimento do mercado brasileiro com a responsabilidade social e ambiental. Foto: SeventyFour / shutterstock.com

De acordo com um levantamento do Pacto Global da ONU, mais de 78% das empresas brasileiras entraram na onda ESG e passaram a se preocupar com a responsabilidade social e ambiental.

Realizado em parceria com a consultoria Falconi e com a Stilingue, plataforma de monitoramento digital, o estudo revelou que a pauta ambiental é prioridade nos projetos de compliance e integridade das 190 organizações envolvidas nas pesquisas. 

Para dar um exemplo, segundo os números divulgados, 62% investem em iniciativas de redução das emissões de gases de efeito estufa, especialmente nos setores de indústria, infraestrutura, comércio e agronegócio.

Lançado no ano 2000, o Pacto Global é uma iniciativa da ONU para engajar os atores do mercado na adoção de dez princípios nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção.

Vinte e três anos depois, o programa está presente em 164 países, com mais de 20 mil empresas distribuídas em 70 redes locais, e é um dos principais promotores da Agenda 2030, composta pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

ESG: Ambiental, Social e Governança

Investir em práticas e processos sustentáveis ambientalmente, promover impactos sociais positivos e adotar uma conduta corporativa ética: assim pode ser definido o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance), que traduzido para o português seria algo como ambiental, social e governança.

Na prática, o ESG pode ser utilizado para significar o quanto uma empresa procura formas de minimizar os seus impactos no meio ambiente, construir um mundo mais justo e mais responsável para as pessoas à sua volta, e manter as melhores práticas de governança coorporativa em seus processos de gestão.

Além disso, o ESG é atualmente utilizado como critério para investimentos com uma abordagem sustentável. Em vez de olharem apenas para os resultados financeiros, por exemplo, os investidores também olham para os fatores da sigla.

Isso sem falar que a cada nova de pesquisa de mercado publicada, vemos consumidores cada vez mais preocupados com aspectos sociais e ambientais antes de decidir por uma compra.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Recicla Sampa (@reciclasampa)


Últimas

Notícias

Plataforma inclusiva busca impulsionar reciclagem no Brasil

Reciclar pelo Brasil atua com foco na regularização e profissionalização de cooperativas

28/05/2024
Notícias

Catadores se mobilizam pela reciclagem de papel no Brasil

Representantes da indústria e do governo federal receberam entidades do setor em Brasília

27/05/2024
Notícias

Coopercaps e colégio Portinari promovem coleta de lixo eletrônico

Urnas serão instaladas na próxima quarta-feira na instituição de ensino da zona sul

24/05/2024
Notícias

Enchentes devem gerar 47 milhões de toneladas de lixo no RS

Estimativas indicam cerca de 19 milhões de toneladas de escombros de casas e edifícios

23/05/2024