Empresas destinam verbas para combater plásticos nos oceanos

27/08/2019

Imagem - Primeira ação do grupo, será retirada de resíduos de rios que transportam maior parte do lixo para os mares. Foto: Brian Yurasits / Unsplash

Primeira ação do grupo, será retirada de resíduos de rios que transportam maior parte do lixo para os mares. Foto: Brian Yurasits / Unsplash

Empresas globais dos setores de plástico e de bens de consumo se uniram com o objetivo de discutir soluções para a eliminação do plástico no meio ambiente, principalmente no que diz respeito aos oceanos. Juntas, as 29 empresas pretendem destinar 1,5 bilhão de dólares para ações e implementações de projetos voltados a redução dos impactos causados por esses resíduos no meio ambiente.

A instituição sem fins lucrativos AEPW – Alliance to End Plastic Waste (Aliança para o Fim dos Resíduos Plásticos) pretende atuar em algumas frentes: educação, infraestrutura, inovação e limpeza. Com essa união de esforços também será possível destinar corretamente os plásticos usados, permitindo a geração de uma economia circular em torno do material. A empresa brasileira Braskem está entre as fundadoras, juntamente com a empresa química alemã BASF e a Shell.

Segundo o portal Ciclo Vivo, entre outros projetos previstos estão as parcerias com prefeituras para a criação de um sistema integrado de gestão de resíduos em grandes áreas urbanas com infraestrutura, além da criação de um banco de dados global para dar suporte a projetos de gestão de resíduos globalmente.

“O problema dos resíduos plásticos é visto e sentido em todo o mundo. Ele deve ser combatido e acreditamos que a hora de agir é agora”, comentou Bob Patel, CEO da LyondellBasell, e vice-presidente da AEPW em matéria publicada no portal Ciclo Vivo.

De início, a aliança pretende dar suporte a iniciativa Renew Oceans, um programa que visa à retirada de resíduos plásticos dos dez rios que transportam a maior parte do lixo para os oceanos.  A primeira ação da Renew será no rio Ganges, na Índia, onde estima-se que 544 mil toneladas de resíduo de plástico são jogados todo ano, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fontes: Ciclo Vivo,O Estado de S. Paulo

 

Texto produzido em 28/01/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados