Entenda a importância de higienizar o lixo reciclável

03/08/2021

A limpeza dos materiais que são destinados à coleta seletiva ainda gera dúvidas na maioria da população. Trata-se de um dos passos fundamentais para a reciclagem e se não for realizado de maneira adequada, de fato vai prejudicar todo o processo.

Um primeiro problema são os restos de matéria orgânica que ficam nas embalagens e podem contribuir para a proliferação de fungos e bactérias, além de criar as condições para a desagradável presença de ratos e baratas no seu espaço de armazenamento. 

O segundo problema é que a embalagem contaminada irá se misturar com outros materiais e comprometer parte ou a totalidade dos lotes de lixo reciclável enviados às Centrais Mecanizadas de Triagem e às cooperativas de reciclagem.

Isso sem contar a questão social. Afinal, coletar recicláveis nessas condições é desumano com os agentes ambientais. 

Imagem - Thaíde demonstra como limpar os recicláveis antes do descarte. Foto: Recicla Sampa

Thaíde demonstra como limpar os recicláveis antes do descarte. Foto: Recicla Sampa

Mas como higienizar os materiais corretamente para a coleta seletiva?

Primeiro e muito importante é realizar a limpeza das embalagens, mas evite desperdiçar água potável.

Muitos especialistas dizem que desperdiçar água potável lavando as embalagens pode ser ainda mais prejudicial para o meio ambiente do que descartar resíduos recicláveis em aterros.

Por isso, reúse e dê preferência para um papel ou guardanapo. Pode ser, inclusive, aquele que você acabou de usar na sua refeição.  

Agora, a gente sabe que tem vezes que não tem jeito, né? É só lavando mesmo. Nesses casos, quando precisar usar água, reúse a da louça ou use água da chuva previamente armazenada.

Outra dica importante é garantir que tudo esteja devidamente seco para não molhar os papéis em geral, como o sulfite e o papelão. Ou seja, é importante colocar o lixo reciclável para secar antes de descartar e retirar todas as sobras de líquido das garrafas plásticas e de vidro.

Outras embalagens de papel, como as caixas de pizza, devem ter as partes sujas de gordura separadas para o descarte no lixo comum e as limpas devem ser destinadas para a coleta seletiva. Importante ressaltar que guardanapos e papéis higiênicos usados não são recicláveis.

Além disso, é importante também informar que não é necessário lavar todas as embalagens direcionadas ao descarte. Alguns exemplos são as sacolas plásticas de grãos (arroz, feijão, etc.).

Texto produzido em 3/8/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados