Recicla Sampa - Fabricante de papel importa lixo doméstico dos EUA, diz Ibama
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Fabricante de papel importa lixo doméstico dos EUA, diz Ibama

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Contêiner de lixo sendo preparado para exportação. Foto: Triawanda Tirta Aditya / Shutterstock.com

Segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (28) no portal UOL, a empresa Jaepel Papeis importou em junho do ano passado papelão misturado ao lixo doméstico dos EUA de forma ilegal para o Brasil.

O texto, produzido por uma equipe do Columbia Journalism Investigations, afirma que o Ibama interceptou 73 contêineres vindos dos Estados Unidos.

Ainda de acordo com o Ibama, o papelão estava misturado com resíduos de uso único de coleta residencial como pratos descartáveis, latas, fraldas, luvas cirúrgicas e máscaras de proteção.

A denúncia indica que a empresa foi multada em R$ 44 milhões, mas recorreu da decisão e o processo encontra-se em andamento.

Embora a Jaepel, que tem sede em Goiás, negue irregularidades no procedimento, as normas nacionais e internacionais impõem controles rígidos sobre as movimentações nas fronteiras deste tipo de lixo. 

Portanto, as autoridades brasileiras investigam o caso como tráfico ilegal de resíduos perigosos e foi emitido um alerta de atenção para todos os portos do país.

Por e-mail de sua assessoria de imprensa, a empresa preferiu não responder aos questionamentos da reportagem do CJI e afirmou não ter informações para atender as demandas dos repórteres.

Para quem não sabe, é uma prática comum os países ricos exportarem lixo para ser reciclado no terceiro mundo. Também é comum enviarem os resíduos não recicláveis para serem descartados em aterros sanitários e lixões dos países pobres.

Recentemente, os governos das Filipinas e da Malásia, dois dos principais destinos do “lixo dos ricos”, resolveram dar um basta nessa história e proibiram a prática.

A China, desde 2018, também proíbe a importação de lixo dos países ricos, seja reciclável ou não. 

Texto produzido em 28/1/2022


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024