Recicla Sampa - Garrafas PET representam desafio ambiental de proporções alarmantes
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Garrafas PET representam desafio ambiental de proporções alarmantes

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Embalagens plásticas demoram segundos para serem fabricadas e séculos para se decomporem. Foto: Peter Gudella / shutterstock.com

Em meio ao ritmo frenético da produção moderna, as garrafas PET são ícones da conveniência e praticidade. Porém, por trás dessa aparente modernidade, reside um legado secular indesejado.

Afinal, é uma embalagem que é fabricada em alguns segundos, que tem vida útil de alguns minutos ou horas, mas que demora mais de 400 anos para se decompor.

Aí, você leva em consideração que a última estimativa, de 2021, indicou que aproximadamente 70 milhões de toneladas de garrafas PET foram produzidas em todo o mundo e pronto, temos um baita de um problema.

Para piorar, esses números continuam a aumentar ano após ano, reflexo do aumento do consumo global de bebidas e produtos embalados neste tipo de embalagem.

Impacto ambiental das garrafas PET

O impacto devastador dos plásticos no meio ambiente é irrefutável. Desde a extração de matéria-prima até a disposição final, cada etapa do ciclo de vida das garrafas PET carrega consequências ambientais significativas.

A poluição dos oceanos e ecossistemas, a contaminação do solo e dos recursos hídricos, e a ameaça à vida selvagem são apenas algumas de suas ramificações.

A questão da reciclabilidade, muitas vezes pintada como solução, revela-se também como parte do problema. Embora o plástico possa ser reciclado, sua qualidade degrada-se a cada ciclo de reaproveitamento.

Após um número limitado de vezes, suas propriedades físicas deterioram-se a tal ponto que inviabilizam novos processos de reciclagem. O resultado? Toneladas de resíduos acumuladas em aterros e ecossistemas, sem destino final sustentável.

Portanto, a urgência de repensar nosso relacionamento com as garrafas PET é incontestável. A conscientização sobre os impactos ambientais, a busca por alternativas sustentáveis e a responsabilidade individual no descarte correto são passos essenciais na direção de um futuro mais limpo e habitável para as gerações futuras.

O tempo para agir é agora, antes que o rastro perene das garrafas PET deixe marcas irreparáveis em nosso planeta.


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024