Lego começa a produzir peças com plástico reciclado

13/07/2021

Imagem - Peça de Lego feita com garrafas plásticas recicladas. Foto: Divulgação

Peça de Lego feita com garrafas plásticas recicladas. Foto: Divulgação

Gigante dinamarquesa do ramo dos brinquedos, a Lego anunciou nesta semana que deve produzir em larga escala peças fabricadas a partir de garrafas plásticas recicladas no prazo máximo de 24 meses.

Desde 2018, a empresa já fabrica algumas peças menos rígidas e complementares dos conjuntos Lego, como plantas e árvores, com biopolietileno feito do bagaço da cana-de-açúcar.

Mas o uso deste tipo de matéria-prima em peças mais “duras”, que mantenham a qualidade e a segurança para as crianças, provou ser um desafio.

Em média, uma garrafa PET de um litro fornece matéria-prima suficiente para a produção de dez peças pequenas. O processo inovador usa uma tecnologia de composição sob medida para combinar o PET reciclado com aditivos de reforço.

Em nota, a companhia revela que o projeto demorou três anos para sair do papel e envolveu cerca de 150 engenheiros e cientistas, que realizaram pesquisas e testes constantes até encontrarem uma alternativa sustentável e adequada ao plástico à base de óleo.  

O foco na inovação de materiais sustentáveis ​​é apenas uma das iniciativas que a organização implementou nos últimos anos para causar um impacto ambiental positivo.

Em 2020, por exemplo, a empresa informou que começou a remover o plástico descartável de suas embalagens.

O LEGO Group revelou ainda que pretende investir US$ 400 milhões até 2022 para acelerar suas metas de sustentabilidade.

“Temos o compromisso de proteger o planeta que nossos filhos herdarão e apenas reduzir o impacto ambiental não é suficiente. Queremos ir além e isso significa eliminar qualquer tipo de plástico descartável em todas as nossas operações até 2025”, revela a área de sustentabilidade da companhia.

 

Texto produzido em 13/07/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados