Recicla Sampa - Lixo plástico no oceano vira paraíso de espécies invasoras
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Lixo plástico no oceano vira paraíso de espécies invasoras

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Peixe encontra plástico no oceano. Foto: Marti Bug Catcher / Shutterstock.com

Cientistas descobriram recentemente que uma série de espécies marinhas encontraram na Grande Mancha de Lixo do Pacífico um lugar perfeito para viver e se reproduzir.

Mas o que pode parecer uma boa notícia, infelizmente não é. Afinal, são animais vivendo a quilômetros de seus habitats naturais, mais especificamente entre a costa da Califórnia e do Havaí.

Ou seja, os pesquisadores estão preocupados com o fato de espécies invasoras utilizarem os acúmulos de lixo como se fossem balsas e chegarem a locais antes impossíveis por meios naturais.

Capitaneado pela Dra. Linsey Haram, do conceituado Centro de Pesquisa Ambiental Smithsonian, o estudo foi publicado na revista Nature Communications e examinou itens de plástico com mais de cinco centímetros de diâmetro.

Mas a descoberta mais reveladora, disse Haram, foi a diversidade de espécies costeiras encontradas em meio ao lixo coletado pela Ocean Voyages Institute, ONG parceira da pesquisa que recolhe resíduos plásticos dos oceanos em expedições à vela.

"Queremos entender como os plásticos podem ser um meio de transporte para as espécies invasoras chegarem às praias e como isso pode impactar ainda mais o meio ambiente", disse Haram à BBC News

Foto1
Mancha de lixo no oceano. Foto: aydngvn / Shutterstock.com

Grande Mancha de Lixo do Pacífico

Segundo a equipe do Mar Sem Fim, quase todos os oceanos têm manchas estáticas de plástico e outros tipos de lixo.

O Atlântico Norte e o Sul, o Índico e o Pacífico. Entretanto, a Grande Mancha de Lixo do Pacífico é considerada a pior de todas em volume e tamanho.

Estimativas indicam que o acúmulo de plástico na região cobre cerca de 1,6 milhão de km2, ou cerca de três vezes o tamanho do França continental.

A mancha do Pacífico pode ser vista do espaço de tão grande. Dados apontam para aproximadamente 1,8 trilhão de plástico, com peso superior a 80.000 toneladas.

Lixo nos oceanos

Pesquisadores da Universidade de Cádiz, na Espanha, revelaram que 80% dos resíduos encontrados nos mares do planeta contém plástico, enquanto 75% do lixo oceânico é composto de apenas dez itens diferentes.

O estudo também indica que apenas quatro itens representam 44% de todo o lixo encontrado nos oceanos.

Publicados na revista Nature Sustainability, os resultaram identificaram que, em média, em todos os ambientes marítimos, os quatro principais resíduos coletados foram: sacolas plásticas (14%), garrafas pet (12%) e embalagens e talheres, com 9% cada um.

Texto produzido em 8/12/2021


Últimas

Notícias

Indicadores de coleta de lixo melhoram no Brasil, indica Censo

Com 99% da população atendida, São Paulo e outras capitais lideram ranking brasileiro

23/02/2024
Notícias

Um caminhão de roupas é descartado por segundo no mundo

Indústria da moda é responsável por 10% das emissões de gases do efeito estufa

22/02/2024
Dicas de Reciclagem

Iniciativa instala pontos de coleta de lixo eletrônico em estações da CPTM

Pontos de Entrega Voluntária ficarão instalados em cinco estações até 29 de março

21/02/2024
Notícias

Reciclagem não é solução para crise do lixo plástico

Relatório revela que fabricantes reconhecem ineficiência da circularidade há décadas

20/02/2024