Marca brasileira fabrica roupas com pneus e guarda-chuvas reciclados - Recicla Sampa
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Compartilhar - WhatsApp Compartilhar - Facebook Compartilhar - Twitter Compartilhar - Linkedin

Marca brasileira fabrica roupas com pneus e guarda-chuvas reciclados

12 de Outubro de 2019,00h00

Foto1
Há quatro anos no mercado, marca já reutilizou 8 toneladas de pneus e 10 mil unidades de guarda-chuvas para confecção de peças. Foto: Revoada

Na contramão da indústria da moda, uma das que mais geram resíduos no meio ambiente, duas amigas brasileiras resolveram criar a Revoada, uma marca totalmente sustentável que produz acessórios e roupas com restos de pneus e guarda-chuvas, materiais que geralmente são descartados de forma incorreta e acabam seguindo para os aterros sanitários.

Fundada em 2013 por Adriana Tubino e Itiana Pasetti, a loja nasceu com o objetivo de diminuir o impacto da indústria têxtil. Os ‘apetrechos’ que tradicionalmente usariam couro em sua confecção são produzidos com câmaras de pneu de caminhão. As bolsas e mochilas ganham forros feitos de nylon de guarda-chuvas quebrados. Para obter os materiais, as empresárias possuem parcerias com borracharias e unidades de triagem de lixo seco. Após a coleta dos itens, eles são encaminhados para lavagem industrial e entregue a ateliês de costura e cooperativas de costureiras.

Todas as mercadorias da Revoada acompanham uma tag descrevendo o processo de fabricação e a vida útil do item. No final da utilização do produto, o cliente pode enviá-lo de volta à companhia, que fará uma nova reciclagem do material: ao serem triturados podem se tornar matéria-prima para asfalto, para-choque de carro ou isolamento acústico.

“A ideia é evitar que algo tirado do lixo volte facilmente para lá”, explicou Adriana em entrevista ao Projeto Draft.

Em quatro anos de existência já foram reutilizadas 8 toneladas de câmaras de pneus e 10 mil unidades de guarda-chuvas para a confecção das peças. Indiretamente, o projeto também possui cunho social e beneficia cerca de 350 famílias de borracheiros, catadores e costureiras.

Fontes: The Greenest PostProjeto Draft

Texto produzido em 15/04/2019

Ícone - Carta

Receba nosso conteúdo


Últimas

Notícias

Com alta reciclabilidade, cobre é um resíduo valioso

Furto de cabos de semáforos na cidade de SP subiu 47% no primeiro semestre de 2022

03/08/2022
Notícias

Saiba como descartar o lixo de forma correta

É muito fácil separar os diferentes tipos de resíduos e começar a reciclar

02/08/2022
Notícias

Comissão da Câmara debate reciclagem de carros velhos no Brasil

Apenas 1,5% do carros velhos são reciclados no país; na Europa, índice chega a 85%

01/08/2022
Notícias

Maior parte do plástico de delivery não é reciclada, revela estudo

Dados inéditos indicam aumento de 46% de plástico enviado nos pedidos

29/07/2022