Recicla Sampa - O caminhão da coleta seletiva tritura o vidro?
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

O caminhão da coleta seletiva tritura o vidro?

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Força da prensa nos caminhões de coleta seletiva é reduzida; pode descartar sem medo. Foto: Recicla Sampa

Dúvida frequente em nossos canais de atendimento: Recicla Sampa, o caminhão da coleta tritura do vidro?

Não, gente! O caminhão da coleta seletiva não tritura o vidro. Pode descartar sem medo.

Segundo informações da Loga e da EcoUrbis, concessionárias da capital paulista, a força da prensa nos caminhões de coleta seletiva é reduzida.

Assim, os resíduos são apenas acomodados e as garrafas e potes de vidro não são triturados.

Um caminhão de lixo comum tem capacidade para até dez toneladas. No da coleta seletiva cabem apenas três.

Orientações para reciclagem do vidro

Primeiro e muito importante: sempre retire o máximo do líquido das garrafas e higienize os potes com água de reuso.

Pode ser da máquina de lavar roupas, da louça ou até mesmo da chuva.

Depois, aqui na capital de SP, você tem duas opções. A primeira é descartar normalmente na coleta domiciliar.

A segunda e mais indicada é armazenar em casa e, com alguma periodicidade, levar a um ponto de coleta específico.

Clique aqui e encontre os pontos de coleta de vidros na cidade de SP


Últimas

Notícias

Brasil pode alcançar 95% de energia renovável até 2026

Pesquisa coloca país na vanguarda mundial da transição energética

04/03/2024
Notícias

Dia Mundial dos Catadores de Lixo Reciclável celebra luta da categoria

Data promove reflexão sobre responsabilidade coletiva em dar dignidade aos trabalhadores

01/03/2024
Notícias

Cidades do futuro e os caminhos para um mundo sustentável

Demandas apontam para harmonia entre desenvolvimento urbano e preservação ambiental

29/02/2024
Notícias

Projeto de lei quer celulares com baterias removíveis e substituíveis

Regra evitaria que milhões de aparelhos sejam inutilizados e descartados precocemente

28/02/2024