Piauí ganha maior usina solar da América Latina

22/08/2019

Imagem - Na cidade de Ribeira do Piauí, a 380 km da capital Teresina, o Parque Solar Nova Olinda terá aproximadamente 930 mil placas de captação de energia fotovoltaica. Foto: Piauí Hoje

Na cidade de Ribeira do Piauí, a 380 km da capital Teresina, o Parque Solar Nova Olinda terá aproximadamente 930 mil placas de captação de energia fotovoltaica. Foto: Piauí Hoje

No final de 2018, foi inaugurado na cidade de Ribeira do Piauí, a 380 km de Teresina, o Parque Solar Nova Olinda. Com cerca de 930 mil placas de captação de energia fotovoltaica, a usina tem a capacidade de atender 300 mil lares.

Caracterizado como o maior parque do gênero na América Latina, a instalação ocupa cerca de 690 hectares, o equivalente a 700 campos de futebol. As placas solares se movimentam de acordo com o deslocamento do sol e podem gerar até 600 GWh por ano. A energia captada é transmitida para a subestação da Chesf, localizada no município de São João do Piauí. A geração de energia solar na usina evita a emissão de aproximadamente 350 mil toneladas de CO2 para a atmosfera.

O Parque está sendo gerenciado pela companhia Enel S.p.A junto à sua subsidiária Enel Green Power Brasil. A empresa venceu o leilão feito em 2015 e concluiu as obras em menos de 14 meses. A corporação investiu em torno de US$ 300 milhões na construção.

 

Fontes: Piauí HojeG1

 

Texto Produzido em 06/02/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados