Recicla Sampa - Poluição plástica gera prejuízo de R$ 53 bilhões no Brasil
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Poluição plástica gera prejuízo de R$ 53 bilhões no Brasil

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Campanha pede apoio para projeto de lei que busca endurecer legislação ambiental no país. Foto: Elton Abreu / shutterstock.com

Um levantamento recente da ONG Oceana estima que a poluição plástica no Brasil gere um prejuízo de aproximadamente R$ 53 bilhões anualmente.

Este valor alarmante reflete não apenas o custo ambiental, mas também as perdas econômicas diretas e indiretas associadas ao manejo inadequado dos resíduos plásticos.

Com mais de 100 países ao redor do mundo já implementando políticas eficazes para mitigar a poluição plástica, cresce a pressão para que o Brasil adote medidas mais rigorosas e eficientes nesse sentido.

O plástico, material de ampla utilidade no dia a dia, tornou-se um dos maiores desafios ambientais da era moderna. Devido à sua durabilidade e baixo custo de produção, o uso do plástico se disseminou globalmente.

No entanto, a gestão inadequada de seus resíduos resulta em severos impactos ambientais, afetando a vida marinha, os ecossistemas terrestres e a saúde humana.

A contaminação por microplásticos, em particular, emergiu como uma preocupação global, com partículas minúsculas sendo encontradas desde os mais remotos ecossistemas até dentro do organismo humano.

Neste cenário, a necessidade de legislação ambiental mais dura no Brasil torna-se evidente. Embora o país já possua algumas iniciativas para combater a poluição plástica, especialistas argumentam que estas não são suficientemente abrangentes ou eficazes para enfrentar a magnitude do problema.

A adoção de medidas como a proibição de produtos plásticos descartáveis, incentivos à economia circular e ao uso de alternativas sustentáveis, bem como o investimento em tecnologias de reciclagem avançadas, são consideradas essenciais para reduzir a produção de resíduos plásticos e seus impactos nocivos.

Além disso, a conscientização pública e a participação da sociedade são fundamentais para o sucesso dessas políticas. Educar a população sobre a importância da redução do consumo de plástico, reciclagem e práticas de descarte responsável pode significativamente diminuir a quantidade de resíduos gerados.

Campanha: Pare o tsunami de lixo plástico

Em parceria com mais de 60 organizações, a ONG Oceana Brasil lançou recentemente a campanha: Pare o Tsunami de Lixo Plástico.

A iniciativa busca criar uma ampla rede de apoio ao PL 2524.

“Com esse projeto de lei, governos e empresas brasileiras precisarão trabalhar juntos para acabar com os plásticos descartáveis, mantendo no sistema somente os recicláveis, reutilizáveis ou compostáveis”, explica a equipe da ONG.

Clique aqui para participar do abaixo-assinado


Últimas

Notícias

O papel da Economia Circular na sustentabilidade do planeta

Entenda a importância da transição para novos modelos de produção e consumo

12/04/2024
Dicas de Reciclagem

Cotonetes de plástico não são reciclados no Brasil

Conheça opções de hastes plásticas sustentáveis a preços acessíveis

11/04/2024
Notícias

Construção de casas sustentáveis cresce no Brasil

Número de residenciais verdes no país cresceu 40% entre 2022 e 2023

10/04/2024
Notícias

InfluenceMap revela quem são os grandes poluidores do mundo

Relatório aponta para 57 organizações dos setores de combustíveis fósseis e cimento

09/04/2024