Saiba como descartar termômetros de mercúrio

06/06/2022

Imagem - Termômetros são resíduos especiais e precisam ser coletados por empresas especializadas. Foto: IZOLATED / shutterstock.com

Termômetros são resíduos especiais e precisam ser coletados por empresas especializadas. Foto: IZOLATED / shutterstock.com

A Anvisa proibiu em 2019 a fabricação e a comercialização de medidores de temperatura com mercúrio em sua composição e como muita gente ainda tem esses itens em casa, fizemos essa matéria para ensinar o pessoal a descartar os termômetros corretamente.   

A medida faz parte de um compromisso assumido pelo Brasil e por outros 140 países na Convenção Minamata, assinada em 2013, onde foram debatidos os riscos para a saúde da população e os impactos ambientais do mercúrio.

Primeiro é importantíssimo destacar: nunca descarte os termômetros no lixo comum, nem no lixo reciclável!

Os termômetros são resíduos especiais e precisam ser coletados por empresas especializadas em separar e reciclar metais tóxicos.

Atualmente, apesar de não existir um protocolo oficial ou um projeto de logística reversa nacional, as empresas mais indicadas para coletar os termômetros são as que recebem o lixo eletrônico.

Mas nem todas aceitam esses itens. Portanto, entre em contato antes de levar o seu termômetro a um desses pontos de coleta e mantenha ele sempre dentro do seu recipiente plástico.

Termômetro quebrou e o mercúrio vazou, o que fazer?

De acordo com a ONU, quando inalamos, ingerimos ou somos expostos ao mercúrio, podemos ter desde sintomas leves, como coceira e vermelhidão na pele, até problemas bem sérios no trato digestivo, no sistema imunológico, nos pulmões e até nos rins.

Mulheres grávidas, quando expostas a esse tipo de metal tóxico, podem ter bebês com danos cerebrais, problemas de audição e visão.

Nos termômetros não temos uma grande quantidade de mercúrio, fato que minimiza o perigo. Mesmo assim é importante seguir algumas instruções em caso de vazamento.

O ideal é coletar o resíduo com uma seringa, de preferência de luva, depositar em um recipiente de vidro ou de plástico que fique bem fechado, e procurar um ponto de coleta adequado.

Isso tudo bem longe das crianças!

Para casos de intoxicação, entre em contato imediatamente com o Disque-Intoxicação da Anvisa pelo telefone 0800-722-6001. O serviço funciona bem e a atendente foi super solícita e atenciosa com a equipe do Recicla Sampa.  

Texto produzido em 6/6/2022

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados