Saiba onde descartar tecidos em São Paulo

18/02/2022

Imagem - Tecidos podem ser reciclados e devem ser descartados corretamente. Fonte: Schutterstock

Tecidos podem ser reciclados e devem ser descartados corretamente. Fonte: Schutterstock

Frequentemente, recebemos perguntas dos nossos seguidores sobre o descarte de tecidos aqui na capital e diante essa grande demanda, organizamos uma lista com algumas das principais iniciativas em andamento na cidade.

Mas, antes de qualquer coisa, é importante entender o tamanho do impacto da indústria da moda no meio ambiente.

Ela é responsável por cerca de 8% da emissão de gases do efeito estufa, de acordo com parecer das Nações Unidas, atrás apenas das indústrias de petróleo e gás.

No Brasil, são geradas aproximadamente 170 mil toneladas de resíduos têxteis todos os anos e apenas 20% são reciclados. O resto, 135 mil toneladas, acaba nos aterros sanitários ou no meio ambiente.

Dados do Sebrae e do relatório Fios da Moda ainda indicam que 80% dessas 170 mil toneladas são descartadas indevidamente.

Malhas feitas de algodão demoram pelo menos 20 anos para se decompor e junto aos materiais sintéticos das peças, podem resistir por até quatro séculos, isso sem contar os microplásticos gerados por alguns tipos de tecidos.

Por isso, é tão importante a gente descartar corretamente esses resíduos. Se não der para doar ou para reutilizar de alguma forma, que é o ideal, encontre um ponto de coleta específico.

Veja abaixo as iniciativas para o descarte de tecidos na cidade de São Paulo e faça sua parte!

Projeto Recicla Jeans - ONG Florescer

Sabe aquela calça jeans que você já nem usa mais? Ela pode se transformar em novos acessórios com o Projeto Recicla Jeans. A iniciativa nasceu dentro da ONG Florescer em parceria com a Prefeitura de São Paulo e a Unesco.

O projeto, que é realizado na comunidade de Paraisópolis, consiste na criação e confecção de peças e acessórios a partir da reciclagem de jeans e resíduos têxteis e conta com a participação dos moradores. As entregas podem ser feitas na sede da ONG:

Rua Manuel Antônio Pinto, 500 — Paraisópolis, na região do Morumbi ou pela lateral Rua Iratinga, 275. O telefone de contato é (0xx11) 3746-9846.

Movimento ReCiclo

A rede varejista de moda C&A apresenta o Movimento ReCiclo, iniciativa que busca estimular o consumidor a destinar suas roupas em boas condições para a doação.

O movimento instala urnas pelas lojas da rede e conta com a participação voluntária de qualquer pessoa, seja ou não cliente. A iniciativa recebe roupas rasgadas ou em bom estado e higienizadas.

Clique aqui e encontre a urna do Movimento ReCiclo mais próxima de você.

EcoEstilo

A Renner também possui o seu programa chamado EcoEstilo, serviço de logística reversa que já existe em todas as lojas do país para embalagens e frascos de perfumaria e beleza e em outras 15 para roupas.

A iniciativa funciona da seguinte forma: basta levar suas peças sem utilidade até uma unidade com ponto de coleta e eles se encarregam de enviá-las para reciclagem ou reutilização.

Clique aqui e encontre o ponto de coleta EcoEstilo mais próximo de você.

Banco de Tecidos

Se você tem sobras de panos que ainda não foram usados (por exemplo, retalhos que sobraram de uma cortina ou toalha de mesa) e não sabe onde descartar, leve-as ao Banco de Tecidos.

Para participar, basta levar suas peças para uma avaliação. Depois de pesadas e organizadas, elas ficam à disposição para o “saque” e você recebe em créditos por quilo depositado.

Depois, você pode sacar outros tecidos para trocar ou comprar a quantidade que você precisa. Há unidades em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Envie um email para [email protected] ou entre em contato pelo telefone (0xx11) 4371-3283.

Leninha Roupa de Baixo

O que fazer com roupas íntimas que já não usamos mais? A marca Leninha Roupa de Baixo recolhe e recicla calcinhas, cuecas e sutiãs de todo Brasil.

Caso você tenha interesse em participar do projeto de economia circular, envie suas peças para o endereço abaixo.

Caixa postal 78713
CEP 05011970
LENINHA ROUPA DE BAIXO

Meias do bem - Puket

A marca de pijamas e acessórios Puket uniu a necessidade de oferecer ajuda para pessoas em situação de vulnerabilidade com a reciclagem de meias velhas.

Batizado de Meias do Bem, o projeto existe desde 2013 e fabrica cobertores novinhos, que são entregues à instituições e moradores de rua.

Para contribuir é bem fácil! Basta encontrar uma loja Puket e descartar no coletor.

Confira aqui a unidade mais próxima de você.

Texto produzido em 18/02/2022

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados