Supermercados Extra e Pão de Açúcar substituirão bandejas de isopor

27/12/2019

Imagem - A instituição estima que até maio de 2020 todas as bandejas de frutas, legumes e ovos de suas marcas já sejam confeccionadas com ecnologia ecologicamente correta. Foto: Alexas Fotos

A instituição estima que até maio de 2020 todas as bandejas de frutas, legumes e ovos de suas marcas já sejam confeccionadas com ecnologia ecologicamente correta. Foto: Alexas Fotos

Junto com o plástico, as bandejas de poliestireno expandido - popularmente conhecido como isopor - e que facilmente encontramos nos mercados para embalar alimentos de hortifrúti são grandes vilãs do meio ambiente. Também derivado do petróleo, o isopor é um material de difícil reciclagem e que leva anos para sumir do meio ambiente.

E na tentativa de solucionar esse problema, alguns estabelecimentos já estão aderindo a práticas alternativas contra esses poluidores. Agora, as redes brasileiras Pão de Açúcar e Extra anunciaram a modificação das embalagens de isopor utilizado nos produtos das marcas Taeq e Qualitá.

A implantação do novo recipiente será feita com material 100% biodegradável. Desenvolvida a partir de uma solução da empresa Tamoios Tecnologia, a alternativa terá caixas de celulose e amido como matéria-prima e será livre de petroquímicos e aditivos tóxicos, o que permitirá sua decomposição em até seis meses. Segundo o Grupo Pão de Açúcar, que administra as redes de supermercados, 600 mil embalagens de isopor são utilizadas mensalmente pelas instituições.

“Entendemos que é fundamental que a companhia também lidere um movimento pela evolução e menor impacto dos materiais utilizados em nossas embalagens. Começaremos com nossas marcas exclusivas e esperamos que isso sensibilize e estimule a adesão de outras marcas e produtores para a substituição de suas embalagens por opções biodegradáveis”, afirma Susy Yoshimura, Diretora de Sustentabilidade do Grupo Pão de Açúcar.

A embalagem de ovos de galinha, popularmente comercializadas em embalagens plásticas, também será substituída pela mesma tecnologia. A mudança começa a ser implantada a partir de maio de 2019 e deve ser iniciada pelos itens orgânicos da marca Taeq. A instituição estima que até maio de 2020 todas as bandejas de frutas, legumes e ovos de suas marcas já sejam confeccionadas com a tecnologia ecologicamente correta.

Fontes: Ciclo Vivo, GPA Brasil Institucional

Texto produzido em 06/08/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados