Recicla Sampa - Sustentabilidade vira tema de influenciadores e ganha espaço nas redes
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Sustentabilidade vira tema de influenciadores e ganha espaço nas redes

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Canal da influenciadora é apenas um exemplo do universo de profissionais que têm adoto o chamado lifestyle sustentável. Foto: Marina Godward

"Eu faço vídeos e tiro fotos para me inspirar e inspirar as pessoas sobre um estilo de vida mais consciente". É assim que Marina Godward se apresenta em seu Instagram, com mais de 14 mil seguidores. Receitas veganas, dicas para uma alimentação saudável e discussão sobre consumo consciente estão entre os principais temas que a jovem aborda também em seu canal do Youtube, com mais de 18 mil inscritos.

Tudo começou em 2012 quando Marina optou por virar vegana.

“Percebi que nem tudo na vida é como nos contaram, ou como a sociedade considera ‘normal’. Comecei a repensar vários aspectos da minha vida, principalmente no que diz respeito ao impacto que meu estilo de vida tem no planeta”, conta.

Foi então que a blogueira começou a estudar sobre a realidade do lixo, desperdício de alimentos, indústria da moda, entre outros temas que ajudaram a entender como adotar uma forma diferente de viver, com hábitos mais sustentáveis.

O canal da influenciadora é apenas um exemplo do universo de profissionais que têm adotado o chamado lifestyle sustentável como pauta frequente de seus canais digitais. O aumento do consumo desses assuntos nas redes sociais pode ser considerado o primeiro passo para uma conscientização em massa, tendo em vista o poder de alcance e a capacidade de engajar desses produtores. Um levantamento do Instituto QualiBest aponta que os influenciadores são considerados hoje a segunda fonte mais importante de consulta para tomada de decisão dos consumidores na aquisição de um produto, ficando atrás apenas de parentes e amigos.

Beleza pura

Ainda de acordo com o estudo do QualiBest, os influenciadores têm enorme poder na apresentação de novos produtos e na alavancagem de vendas no segmento de beleza. Dos entrevistados, 73% afirmam já ter comprado algum produto ou serviço por indicação de um influenciador digital. Com o intuito de estimular o uso de produtos naturais e por entender que industria tradicional de cosméticos tem responsabilidade sobre um impacto negativo no meio ambiente, a jornalista Marcela Rodrigues criou  A Naturalíssima, uma plataforma de conteúdo que reúne informações sobre beleza natural e consciente, estimulando uma reconexão com a natureza por meio de escolhas sustentáveis.

Seguindo o slogan “beleza natural não é sobre fórmulas, é sobre você”, A Naturalíssima tem como principal objetivo inspirar e levar informação para as pessoas adquirirem autonomia para fazer escolhas conscientes. “Como blog pioneiro no tema, desejo mostrar que a beleza natural é um movimento, uma nova forma de consumo e de se relacionar com o corpo e com a estética. É sobre um autocuidado sustentável, holístco e responsável”, explica a fundadora.

Hoje, além do blog e das redes sociais, a jornalista presta consultoria de desenvolvimento e cria conteúdo para marcas que desejam se comunicar com uma linguagem afetiva e transparente, além de auxiliar pessoas que estão passando pela transição de hábitos. De acordo com Marcela, o conceito de beleza natural empodera e, para aderir a ele, é preciso sair da zona de conforto e se auto-observar. “Não adianta apenas consumir as fórmulas orgânicas e veganas, mas apostar no autoconhecimento, evitar comparações, seguir o próprio ritmo”, conta.

Por uma vida sem lixo

Cada indivíduo brasileiro produz em média 1 quilo de lixo por dia, o que resulta em 214.868 toneladas diárias de resíduos sólidos, de acordo com o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil de 2017. Incomodada com essa realidade e inspirada na experiência da blogueira americana Lauren Singer, do blog Trash is for Tossers, a brasileira Cristal Muniz decidiu mudar radicalmente seu estilo de vida se propondo a reduzir a "quase zero" sua produção de lixo. Na virada de 2014 para 2015, a jovem criou o blog Um ano sem lixo, onde resolveu relatar o dia a dia desse desafio proposto durante um ano.

Com atualizações constantes em seu Instagram que alcançou a marca de 150 mil seguidores, Cristal também compartilha alternativas sem lixo para atividades da vida urbana e a transição da sua vida com dicas práticas e objetivas em seu canal do Youtube, que conta com mais de 4 mil inscritos. Referência no movimento zero waste no Brasil, a jovem foi convidada para produzir um TEDx Talk, conhecido como apresentações em público que tem o objetivo de disseminar boas ideias.

"Quando eu pensei em fazer um blog pra contar como seria parar de produzir lixo, sabia que ia dar algum barulho. Fosse só entre os amigos ou um pouquinho mais, mas nunca imaginei que seria como está sendo", comenta em seu blog ao publicar a apresentação. Além de palestras em escolas e workshops, Cristal também compartilha seu processo de transição e suas dicas no livro Uma Vida Sem Lixo - Guia para Reduzir o Desperdício na sua Casa e Simplificar a Vida (Editora Alaúde), lançado em 2018.

Menos é mais

"O minimalismo não é uma coisa que acontece da noite para o dia e ele só funciona se você estiver realmente feliz em tomar essa decisão e quiser viver dessa forma", explica Fê Neute. Determinada a viver na filosofia do "menos é mais", a publicitária deixou seu cargo de diretora em uma grande agência de propaganda do Brasil e embarcou em uma viagem pelo mundo com foco no desapego. Suas experiências são compartilhadas com os mais de 109 mil inscritos em seu canal Fê-liz com vida!.

Conceito, como aplicar o minimalismo, compras conscientes e até um guarda-roupa mais enxuto estão entre os conteúdos oferecidos pela blogueira. "Minimalismo é você ter o suficiente de tudo aquilo que é importante para você. Você não precisa ter nem mais, nem menos, e sim encontrar a quantidade daquilo que te faz feliz", explica em vídeo sobre O que você precisa saber antes de virar minimalista. Em cinco anos, Fê Neute já visitou mais de 25 países e morou em lugares como Tailândia, Vietnã, Hong Kong, Colômbia e África do Sul. Atualmente, vive em Nova York produzindo conteúdos de autoconhecimento e buscando na simplicidade uma vida mais feliz.

Comece a mudança

Iniciativa criada pela consultora de moda Giovanna Nader, a #comeceamudança reúne no Instagram pequenas atitudes diárias em prol da sustentabilidade. Após passar alguns dias isolada na natureza Giovanna se deparou com um cenário bastante alarmante. A constatação resultou na criação do movimento. "Um mundo saudável é responsabilidade de todos e, nesse caso, mais do que nunca, ‘ninguém solta a mão de ninguém’. Quem tá nessa comigo?", convoca em seu Instagram.

O objetivo é compartilhar em cem dias as mudanças diárias que cada um escolher para realizar a favor do meio ambiente e, assim, trocar conhecimento e criar um legado de atitudes sustentáveis que podem influenciar suas redes de contatos e disseminar o propósito. Evitar o uso do plástico, dispensar os sachês de chá, utilizar coletor menstrual, recusar o que é dispensável, consumir orgânico, utilizar descartáveis "do bem", feitos de bambu ou mandioca, por exemplo, são alguns dos temas que a entusiasta já compartilhou em sua rede social.

Aliando moda à sustentabilidade

Atuando desde 2013 como consultora de moda, Giovanna também ajuda as marcas a se posicionarem de maneira consistente no mercado brasileiro. Ela é fundadora do Projeto Gaveta, uma iniciativa de moda sustentável com base no conceito clothing swap, onde as pessoas podem trocar, entre si, roupas que não usam mais. Talks com pessoas que buscam na moda a representatividade e a sustentabilidade, oficinas de customização e troca-troca de roupas estão entre as atividades das feiras que o Gaveta promove.

Estilo próprio, consumo consciente e slow fashion estão entre os conteúdos que as jornalistas e youtubers Maria Fernanda Teixeira e Nicoly França produzem para o Desavesso. O canal une os termos "avesso", considerado pelas criadoras como fora do padrão, e "desapego", conceito de compartilhar, para incentivar seus seguidores a entenderem seu estilo próprio para se expressar. "Moda consciente é isso: quanto mais você se conhece, menos você compra coisas que não vai usar", explicam em vídeo.

Criado há três anos, o canal conta com 14 mil inscritos no Youtube. As jovens também produzem conteúdo com dicas sustentáveis de moda para seus 12 mil seguidores no Instagram, além de produzirem eventos que incentivam os temas, como feira de trocas, brechós por um dia e workshops.

Ao que tudo indica, o assunto chegou mesmo para ficar. Que bom.

Texto produzido em 15/01/2019


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024