Cidade do México proíbe uso de sacolas plásticas

30/09/2020

Imagem - De acordo com dados mais recentes divulgados pela capital mexicana, a Cidade do México produz cerca de 13 mil toneladas de lixo por dia. Foto: Freepik

De acordo com dados mais recentes divulgados pela capital mexicana, a Cidade do México produz cerca de 13 mil toneladas de lixo por dia. Foto: Freepik

A capital mexicana, a Cidade do México, baniu o uso de sacolas plásticas do local. Apenas sacolas compostáveis, fabricadas com amidos de vegetais, serão permitidas nos estabelecimentos comerciais. A lei ainda proíbe a distribuição de plásticos de uso único, como talheres, copos e pratos descartáveis.

Os estabelecimentos que não cumprirem a Lei de Resíduos Sólidos da cidade poderão pagar uma multa de 42 mil a 170 mil pesos, algo entre 9 mil e 36 mil reais.

A cidade é mais uma que baniu sacolas plásticas e quer incentivar a população a ser mais sustentável.

“O importante para nós é termos uma cidade e um planeta melhor. Faremos o possível para isso. Estamos apostando tudo nessa mudança e muito felizes porque acreditamos que daremos um exemplo ao mundo”, declarou à imprensa Lilian Guigue Pérez, diretora de Avaliação de Impacto e Regulamentação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com dados mais recentes divulgados pela capital mexicana, a Cidade do México produz cerca de 13 mil toneladas de lixo por dia. Desse montante, 8.600 toneladas são enviadas aos aterros sanitários e apenas 1.900 vão para a reciclagem.

Fonte: Jovem Pan

Texto produzido em 09/03/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados