Como descartar cartelas de remédios vazias em SP - Recicla Sampa
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Compartilhar - WhatsApp Compartilhar - Facebook Compartilhar - Twitter Compartilhar - Linkedin

Como descartar cartelas de remédios vazias em SP

20 de Julho de 2022,16h00

Foto1
Nunca descarte os blisters no lixo comum ou no reciclável. Foto: Ruslan Zagidullin / shutterstock.com

Muita gente tem dúvidas sobre onde e como descartar corretamente as cartelas de remédio vazias em São Paulo.

De saída, é importante destacar que você não deve descartar essas embalagens no lixo comum ou no reciclável.

E mesmo que você tenha usado todos os comprimidos, as embalagens ficam contaminadas e devem ser descartadas junto com os medicamentos vencidos.

Aqui na capital, você pode descartar as cartelas vazias e os medicamentos vencidos em coletores instalados nas farmácias das grandes redes presentes na cidade, em algumas UBSs e hospitais. 

Impactos do descarte incorreto de medicamentos

Quando mal descartadas, as cartelas de remédio podem liberar resíduos que chegam aos sistemas de água e esgoto.

Além disso, cartelas de remédio descartadas no lixo comum ou no reciclável podem contaminar os coletores.

Ou seja, além de impactos ambientais, o descarte inadequado também pode causar problemas sanitários.

Já as embalagens secundárias (caixas de papel e bulas) não têm contato com os medicamentos e devem ser descartadas no lixo reciclável.

Importante! Medicamentos vencidos devem ser descartados em suas próprias embalagens, chamadas de embalagens primárias.

Você não precisa retirar os comprimidos das cartelas, a sobra de líquidos dos frascos ou do conteúdo dos tubos de cremes e pomadas.

Blisters em cadeiras de roda

Existem algumas iniciativas socioambientais em andamento no Brasil que coletam blisters, encaminham para a reciclagem e revertem a renda em cadeiras de roda e outros itens para doação.

Portanto, você também tem essa opção de descarte. Recentemente, fizemos uma reportagem sobre o trabalho da Assistência, Reabilitação e Bem-estar de Convalescentes (Arbec).

Com sede em Maringá (PR), a associação compra cadeiras de roda e muletas e empresta os itens, sem prazo determinado de tempo, para pessoas em situação de vulnerabilidade.

Texto produzido em 20/7/2022

Ícone - Carta

Receba nosso conteúdo


Últimas

Notícias

Com alta reciclabilidade, cobre é um resíduo valioso

Furto de cabos de semáforos na cidade de SP subiu 47% no primeiro semestre de 2022

03/08/2022
Notícias

Saiba como descartar o lixo de forma correta

É muito fácil separar os diferentes tipos de resíduos e começar a reciclar

02/08/2022
Notícias

Comissão da Câmara debate reciclagem de carros velhos no Brasil

Apenas 1,5% do carros velhos são reciclados no país; na Europa, índice chega a 85%

01/08/2022
Notícias

Maior parte do plástico de delivery não é reciclada, revela estudo

Dados inéditos indicam aumento de 46% de plástico enviado nos pedidos

29/07/2022