Empresa lança primeira telha solar de concreto do Brasil

22/09/2021

Imagem - Tégula Solar. Foto: Divulgação

Tégula Solar. Foto: Divulgação

A energia solar não é mais uma novidade, mas a empresa do setor de construção civil Eternit resolveu inovar no mercado nacional e lançou a primeira telha de concreto com painel solar já embutido.

O grande diferencial do novo modelo da Eternit para as placas tradicionais é que ele possui uma fácil instalação e não interfere na arquitetura das construções, pois possui peso e estrutura semelhantes aos das telhas comuns.

Fora do país essa ideia já existe.  A empresa automotiva estadunidense Tesla lançou a sua telha solar tecnológica em 2019 e a Eternit resolveu seguir as tendências do mercado internacional lançando a BIG-F10, uma das principais apostas da empresa desde que resolveu ampliar seus investimentos em sustentabilidade ambiental.

As telhas medem 36,5 cm por 47,5 cm e são compostas de concreto, com a incorporação de células fotovoltaicas em sua superfície. Sua potência é de 9,16 watts, o que representa uma capacidade média mensal de produção de 1,15 Kwh e uma vida útil estimada em 20 anos, com proteção contra o vento, a chuva e o granizo. 

Nos primeiros testes realizados na cidade de São Bento do Sapucaí em 2019, 400 unidades foram capazes de produzir cerca de 400 kWh por mês. A economia estimada na conta de energia fica na casa dos R$ 300.

O consumidor ainda pode escolher entre duas possibilidades de acabamento e cinco cores. Além disso, vai economizar de 10% a 20% do total da compra e instalação quando comparadas às placas solares.

Segundo a Eternit, o produto será disponibilizado para venda ao público nos próximos meses. Por enquanto, apenas clientes selecionados no Estado de São Paulo e na região de Atibaia, onde fica a fábrica da empresa, têm acesso à tecnologia.

Texto produzido em 22/9/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados