Recicla Sampa - Galo da Madrugada é feito com material reciclável
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Galo da Madrugada é feito com material reciclável

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
O símbolo recifense carrega neste ano o slogan “Galo Circense de Olho no Futuro”. Foto: Arnaldo Carvalho / JC Imagem

Um dos símbolos mais conhecidos do Carnaval de Pernambuco, o Galo da Madrugada, protagonizará ações sustentáveis para a festa que incluem desde a escolha de materiais recicláveis para a produção até incentivos para reduzir a geração de resíduos.

De acordo com o artista plástico e figurinista, Leopoldo Nóbrega, responsável pela criação do galo nesse ano, ele será feito com peças recicláveis. Serão usados, por exemplo, velhos discos de vinil pintados à mão por crianças. O símbolo recifense também terá como tema o circo com o slogan “Galo Circense de Olho no Futuro”.

Em 2019, Nóbrega já havia confeccionado a atração com materiais recicláveis, como sobras de tecidos das fábricas das cidades de Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Já a crista era feita com mangueiras recicladas e as joias de argila e pigmentos naturais. Para 2020, o artista prometeu que reaproveitará muitos itens que ele produziu no ano passado.

A novidade para esse ano é que pela primeira vez Recife fará a compensação de carbono gerada pela festa. Especialistas calcularão o quanto a folia produziu em emissões de dióxido de carbono (CO2), um dos gases que pode ser o responsável pelo aquecimento global, e com o resultado dessa conta, serão plantadas árvores nativas para equilibrar o impacto ambiental gerado pela comemoração.

Esse ano, o Galo da Madrugada também anunciou algumas novidades como a criação de dois selos chamados “O Guardião Gigante da Cultura” e o “Eu me Manifesto Pelo Planeta”. O primeiro homenageia alguma personalidade ou entidade que tenha colaborado com a cultura pernambucana. Já o último, prevê uma série de normas e ações que deverão ajudar a atração a se tornar ainda mais verde e sustentável.

A festa não terá descartáveis plásticos nos camarotes oficiais do desfile. O evento também se uniu ao projeto “Do meu lixo cuido eu”, ação da fabricante mundial de latas de alumínio Ball, que ajuda as principais celebrações brasileiras a fazerem a gestão de seus resíduos. A campanha chamou cooperativas para coletar os materiais produzidos pelos foliões, além de incentivar o consumo de bebidas em embalagens de alumínio, material 100% reciclável e muito valorizado entre os catadores como fonte de renda.

O Carnaval de Olinda, cidade vizinha a Recife, também contribuirá com o meio ambiente. O tradicional bloco do Homem da Meia-Noite será sustentável. Com o tema “Chover”, a festa levará conscientização ambiental e falará sobre a importância da água aos foliões. Assim como o Galo, o evento fará cálculos para compensar ambientalmente o gasto de carbono durante a comemoração com plantio de árvores.

Fonte: Leia Já e Conexão Planeta

Texto produzido em 17/02/2020


Últimas

Notícias

Indicadores de coleta de lixo melhoram no Brasil, indica Censo

Com 99% da população atendida, São Paulo e outras capitais lideram ranking brasileiro

23/02/2024
Notícias

Um caminhão de roupas é descartado por segundo no mundo

Indústria da moda é responsável por 10% das emissões de gases do efeito estufa

22/02/2024
Dicas de Reciclagem

Iniciativa instala pontos de coleta de lixo eletrônico em estações da CPTM

Pontos de Entrega Voluntária ficarão instalados em cinco estações até 29 de março

21/02/2024
Notícias

Reciclagem não é solução para crise do lixo plástico

Relatório revela que fabricantes reconhecem ineficiência da circularidade há décadas

20/02/2024