Iniciativa de reciclagem no Metrô de SP ajuda pacientes com câncer

30/07/2021

Imagem - Linha Lilás do metrô em São Paulo. Foto: Alf Ribeiro / Shutterstock

Linha Lilás do metrô em São Paulo. Foto: Alf Ribeiro / Shutterstock

A ViaMobilidade, responsável pela manutenção e operação da Linha 5-Lilás do metrô, em uma parceria com o Instituto Amor Rosa, começou a arrecadar tampinhas plásticas nas suas estações. Batizada de Tampinhas de Amor, a campanha busca reunir material reciclável para gerar renda e apoio à pessoas em tratamento oncológico.

A ação começou em junho, inicialmente em quatro estações (Santa Cruz, Hospital São Paulo, Chácara Klabin e AACD-Servidor), e já está em sua segunda fase de execução, com espaços de coleta instalados nas estações Moema, Eucaliptos, Campo Belo e Brooklin.

Imagem - Tampinhas. Foto:  Jirik V / Shutterstock

Tampinhas. Foto: Jirik V / Shutterstock

A organização da iniciativa explica que as tampas aceitas podem ser de diferentes produtos: refrigerantes, amaciantes, detergentes, xampus, condicionadores e pastas de dente. A previsão é de que até o final do ano as 17 estações da linha tenham seus respectivos coletores, localizados sempre ao lado das cabines de atendimento.

Desde 2011, o Instituto Amor Rosa atua com a missão de apoiar e ajudar pacientes oncológicos, do acompanhamento psicológico até a doação de itens essenciais durante o tratamento e recuperação.

“O Amor Rosa começou por mulheres e homens que, por meio das suas próprias experiências pessoais com a doença, resolveram se unir com o propósito de acolher, amparar, orientar e, principalmente, como seu nome diz: amar as pessoas que se encontram em situação de fragilidade por causa da doença”, explica Ana Maria, presidente e fundadora do Instituto.

O material arrecadado na ação será vendido para empresas de reciclagem e o dinheiro destinado integralmente às ações sociais do Instituto. Itens como kits de higiene e inverno, curativos, cadeiras de rodas, camas e colchões hospitalares poderão ser adquiridos.

Ainda de acordo com Ana, a iniciativa, através de uma ação social, também quer conscientizar a população sobre a importância da reciclagem e a preservação dos recursos naturais.

“Tampinhas de Amor começou quando percebemos que poderíamos fazer mais para o meio ambiente, por meio da reciclagem de resíduos sólidos, e transformá-los em receita para melhorar o atendimento humanizado dos nossos pacientes”, conta a presidente e fundadora do Amor Rosa.

Texto produzido em 30/07/2021

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados