Itália proíbe uso de cotonetes

15/07/2019

Imagem - Hastes flexíveis feitas de plástico. Foto: Adriano Gadini / Pixabay

Hastes flexíveis feitas de plástico. Foto: Adriano Gadini / Pixabay

Com o objetivo de amenizar os impactos ambientais causados pelo plástico, a União Europeia decidiu proibir o uso de plásticos descartáveis. A medida passa a valer a partir de 2021, mas a Itália decidiu se antecipar e, desde o começo de 2019, proibiu a fabricação e a venda de hastes flexíveis, popularmente conhecido como cotonetes, no país.

Será permitido apenas a confecção com materiais biodegradáveis, como as de papel, por exemplo.  A proibição também contempla outros utensílios à base de plástico, como canudos, talheres e pratos descartáveis. Segundo o portal Ciclo Vivo a marca Johnson & Johnson, muito conhecida pela venda do item, está investindo nesse ramo e já possui sua versão ecologicamente correta do produto.

As iniciativas para os próximos anos não param por aí. A partir de 2020 também será proibido na Itália a utilização de microplásticos na fabricação de cosméticos e, em 2025, os estados membros da União Europeia terão que reciclar 90% das garrafas de plástico.

 

Fonte: Ciclo Vivo


Texto produzido em 15/01/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados