Maior rede de resorts caribenhos não usará mais isopor

25/07/2019

Imagem - Hotéis possuem certificado ambiental internacional de empreendimentos que contribuem pela preservação do ecossistema do planeta. Foto: Divulgação/Sandals Resorts

Hotéis possuem certificado ambiental internacional de empreendimentos que contribuem pela preservação do ecossistema do planeta. Foto: Divulgação/Sandals Resorts

Depois de eliminar canudos, mexedores de drinques e sacolas de plástico no ano passado, a Sandals Resorts, maior rede de hospedagem caribenha, passará a não usar mais isopor em sua operação.

Em um evento para anunciar a decisão à imprensa, a vice-presidente da empresa, Adam Stewart, disse que ação é uma medida preventiva para garantir que as próximas gerações possam apreciar a vida marinha nas mais de 700 ilhas caribenhas.

De acordo com dados divulgados pela Wildlife Over Waste da Environment America, Ong internacional de pesquisas ambientais, cientistas descobriram fragmentos de plástico e isopor em 86% das espécies de tartarugas do mar, 44% em aves que vivem próximas ao oceano e 43% em mamíferos marinhos.

“Eliminar o isopor é mais uma forma de reduzir a quantidade de resíduos que geramos em nosso dia a dia e assim melhoramos a vida dos animais marinhos e da comunidade caribenha”, disse Stewart aos jornais locais.

Além de abandonar o uso dos materiais poluentes, a rede de hotéis, por meio de sua fundação filantrópica, informa aos moradores e turistas sobre os perigos que um descarte incorreto de lixo pode causar no meio ambiente, na saúde e no turismo da região.

Todos os Sandals e Beaches Resorts são certificados com o título “Master” pelo programa EarthCheck, o que significa que são locais que contribuem para a preservação do ecossistema do planeta, já que a região do Caribe é rica em diferentes espécies de animais marinhos no mundo.

 

Fonte: Jamaica Observer

 

Texto produzido em 11/01/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados