Recicla Sampa - Metrô Sumaré ganha painel gigante de latinhas recicladas
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Metrô Sumaré ganha painel gigante de latinhas recicladas

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Foto: Divulgação / folha.uol.com.br

A fachada da estação Sumaré do metrô, na zona oeste da capital paulista, ganhou na última quarta-feira (11) um painel gigante produzido com latinhas de alumínio recicladas.

A obra reproduz uma fotografia de Marcelo Krause, famoso por retratar as paisagens brasileiras, foi produzida com cerca 1.400 latas e está instalada na parede que separa a estação do prédio da Unibes Cultural.

A foto selecionada pelos idealizadores é um registro subaquático que mostra uma tartaruga marinha em Fernando de Noronha, arquipélago brasileiro localizado no litoral do estado de Pernambuco, símbolo da preservação ambiental no país.

As latas foram escolhidas por simbolizarem o sucesso do modelo de logística reversa do alumínio no Brasil, que teve um índice de reciclagem próximo dos 99% no ano passado. 

Logística Reversa do alumínio no Brasil

De um total de 33,4 bilhões de latinhas comercializadas no mercado brasileiro, 33 bilhões cumpriram o caminho da economia circular e foram recicladas, retornando às prateleiras, informou no mês passado a Associação Brasileira do Alumínio.

Ainda de acordo com a Abal, o resultado é expressivo e representa um crescimento de 1,4 ponto percentual em relação aos dados de 2020, quando o índice ficou na casa dos 97%.

Sempre bom lembrar que o índice supera os 95% estabelecidos no acordo setorial do Termo de Compromisso de Latas firmado pela indústria junto ao Ministério do Meio Ambiente em 2020.

O sucesso brasileiro na reciclagem do alumínio reflete a eficiência de um sistema de logística reversa sólido e estruturado. Atualmente, o país conta com 36 centros de coleta de sucata distribuídos por 18 estados.

“Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, a cadeia de reciclagem de latas de alumínio continuou operando com a eficiência costumeira, entregando um resultado que gera valor ambiental, econômico e social”, comemora Janaina Donas, presidente-executiva da ABAL.

Com informações da coluna da jornalista Mônica Bêrgamo na Folha de SP.

Texto produzido em 13/5/2022


Últimas

Notícias

São Paulo mais que dobra coleta de resíduos com logística reversa

Volume passou de 302,51 mil toneladas em 2012 para 828,42 mil toneladas em 2023

16/07/2024
Notícias

Presidente Lula assina lei de incentivo à reciclagem no Brasil

Objetivo é reduzir custos operacionais e dinamizar cadeia produtiva do setor

15/07/2024
Notícias

Julho Sem Plástico é um convite para a reflexão

Ideia surgiu para desafiar pessoas a reduzirem consumo de plásticos descartáveis

12/07/2024
Dicas de Reciclagem

Lojas Melissa têm pontos de coleta de calçados da marca

Iniciativa de sustentabilidade garante destinação adequada aos chinelos e sandálias

11/07/2024