Recicla Sampa - Relatório da ONU destaca influência humana no aquecimento global
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Relatório da ONU destaca influência humana no aquecimento global

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Termômetro registra temperaturas elevadas. Foto: Kuki Ladron de Guevara / Shutterstock

Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU divulgou no último dia 9 de agosto o relatório Mudança Climática 2021: a Base das Ciências Físicas, que aponta a forte influência da humanidade nas mudanças climáticas.

Segundo o estudo, a ação humana foi responsável pelo aquecimento do planeta em um ritmo sem precedentes pelo menos nos últimos dois mil anos e provocou um aumento de cerca de 1,1 ºC na temperatura da Terra entre 1850 e 1900.

Algumas regiões já enfrentam fenômenos climáticos extremos, como calor fora do comum e grandes inundações.

Com um cenário de aquecimento global de 1,5 °C até o fim deste século, as ondas de calor devem ser ainda mais fortes e de maior duração. Já  em um cenário de aquecimento mais pessimista, de 2 °C, os setores da agricultura e saúde seriam os mais afetados.

Ainda de acordo com o relatório, também há perspectiva de mudanças em padrões de umidade e aridez em alguns pontos do planeta.

Nas áreas costeiras, o nível do mar continuará aumentando durante todo o século XXI, com a possibilidade de algumas cidades serem submersas. Esse fenômeno será acompanhado do derretimento das geleiras.

Uma forma de limitar essas mudanças climáticas seria reduzir expressivamente as emissões de dióxido de carbono (CO2) e outros gases causadores do efeito estufa na atmosfera. Ainda segundo o relatório, pode levar de 20 a 30 anos para que as temperaturas globais se estabilizem.

Você pode ajudar!

A mudança cultural por um mundo sustentável ambientalmente depende de cada um de nós e pode começar em casa com escolhas mais responsáveis e menos inconsequentes.

Reduza o consumo e evite que gases do efeito estufa sejam emitidos na produção e transporte de produtos como roupas, por exemplo. Evite adquirir muitas peças. Invista naquelas mais duráveis. Reúse e doe sempre que possível.

Repense o seu consumo de carne e procure não desperdiçar comida. Além da indústria têxtil, a agropecuária é uma das mais poluidoras. De acordo com o relatório do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa de 2019, mais de 70% das emissões totais do Brasil estão relacionadas à atividade.

Procure formas alternativas ao carro para se locomover. Dê uma chance para o transporte público ou para as bicicletas. Além disso, nada melhor que percorrer pequenas distâncias a pé e aproveitar para se exercitar e queimar algumas calorias.

Recuse o plástico de uso único nos ambientes de alimentação, trabalho e lazer. Ele é obtido a partir de um subproduto do petróleo e emite uma grande quantidade de gases do efeito estufa durante a sua produção.

Os produtos e embalagens descartáveis são responsáveis por gerar um grande volume de resíduos, que depois precisam ser levados para os aterros sanitários. Durante esse trajeto são emitidos poluentes na atmosfera. Portanto, prefira utensílios e recipientes mais duráveis e reutilizáveis.

Encontre alternativas para reutilizar a água e economize o quanto puder. Vamos passar nos próximos meses por uma grave crise hídrica. E recicle tudo o que for possível, participe dos projetos de logística reversa em andamento no Brasil. Assuma a responsabilidade pelos resíduos que você gera.  

Ainda é possível reverter o aquecimento global, mas não podemos perder mais tempo!

Texto produzido em 17/8/2021


Últimas

Notícias

Plataforma inclusiva busca impulsionar reciclagem no Brasil

Reciclar pelo Brasil atua com foco na regularização e profissionalização de cooperativas

28/05/2024
Notícias

Catadores se mobilizam pela reciclagem de papel no Brasil

Representantes da indústria e do governo federal receberam entidades do setor em Brasília

27/05/2024
Notícias

Coopercaps e colégio Portinari promovem coleta de lixo eletrônico

Urnas serão instaladas na próxima quarta-feira na instituição de ensino da zona sul

24/05/2024
Notícias

Enchentes devem gerar 47 milhões de toneladas de lixo no RS

Estimativas indicam cerca de 19 milhões de toneladas de escombros de casas e edifícios

23/05/2024