Saiba como descartar pilhas e baterias

21/04/2022

Imagem - Classificados como lixo eletrônico, resíduos devem ser descartados em locais específicos. Foto: IURII KRUGLIKOV / shutterstock.com

Classificados como lixo eletrônico, resíduos devem ser descartados em locais específicos. Foto: IURII KRUGLIKOV / shutterstock.com

Se atualmente vivemos imersos em um mundo eletrônico e digital, devemos parte disso à uma grande invenção do passado: a pilha.

Por volta de 1800, o físico italiano Alessandro Volta, depois de vários experimentos, descobriu que quando um dispositivo com fio condutor era ligado a discos de zinco e de cobre, ele produzia corrente elétrica.

Sua invenção revolucionou o mundo e hoje em dia, somente no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, são produzidas anualmente 800 milhões de pilhas.  

Mas se por um lado o surgimento das pilhas trouxe um avanço considerável do ponto de vista tecnológico, sua produção em escala industrial, seu baixo custo e seu curto tempo de vida útil fizeram surgir outro problema: o que fazer com essas pilhas quando elas não servirem mais?

Bom, primeiro é importante dizer que pilhas contém zinco, chumbo, manganês, cádmio e outros metais pesados e quando descartadas incorretamente, podem contaminar o solo, os lençóis freáticos e se entrarem em contato com a água, podem causar graves problemas de saúde em animais e seres humanos.

Como e onde descartar pilhas

As pilhas e baterias entram na categoria de resíduos eletrônicos e devem ser descartadas em locais específicos e adequados.

Ou seja, elas não podem ser descartadas nem no lixo comum, nem no reciclável.

Para quem não sabe, no Brasil já é lei a logística reversa e fabricantes e revendedores são obrigados a instalar pontos de coleta para a população.

A dica então é separar esses resíduos em casa, de preferência em uma caixa ou um saquinho, onde elas não tenham contato com outros resíduos, e quando o recipiente estiver cheio, levar a um desses pontos de descarte, que você encontra aqui no site do Recicla Sampa

Assim, você garante o destino ambientalmente adequado e faz sua parte pela sustentabilidade do planeta!

Texto produzido em 21/4/2022

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados