Zona Leste de São Paulo ganha Pátio de Compostagem

01/04/2019

Imagem - Processo de decomposição no Pátio de Compostagem da Zona Leste. Foto: Divulgação Amlurb

Processo de decomposição no Pátio de Compostagem da Zona Leste. Foto: Divulgação Amlurb

A cidade de São Paulo conta agora com mais um terreno destinado à reciclagem de sobras de alimentos e materiais orgânicos das feiras livres da capital. O Pátio de Compostagem da Zona Leste, inaugurado no dia 23 de novembro pela Prefeitura de São Paulo é o terceiro implantado na cidade. Uma iniciativa da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), a ação cumpre com as metas do Programa Nacional de Resíduos Sólidos, apresentando um progresso para a região. Os outros dois pátios de compostagem da cidade estão situados na região da Lapa e da Sé.

Para Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo, “além de diminuir a quantidade de resíduos destinados aos aterros, o pátio de compostagem contribuirá para a diminuição das emissões de dióxido de carbono no meio ambiente e na economia dos custos de operação, uma vez que evita o deslocamento de caminhões”.

Operado pela empresa Inova, em parceria com a Subprefeitura da Mooca, estima-se que o espaço receberá semanalmente cerca de 60 toneladas de resíduos orgânicos, entre eles frutas, legumes e verduras, vindos das 44 feiras livres dos seguintes bairros: Água Rasa, Belém, Brás, Mooca, Pari e Tatuapé. A estimativa da prefeitura é de que o espaço retirará dos aterros sanitários cerca de 2,8 mil toneladas de resíduos orgânicos, transformando-os em 420 toneladas de composto de qualidade por ano.

O Pátio de Compostagem da Zona Leste está situado na Rua Cirino de Abreu, em frente ao nº 456, no bairro da Mooca.

Fonte:

Assessoria de Imprensa da Prefeitura da Cidade de São Paulo

Texto produzido em 23/11/2018

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados