Coca-Cola lança garrafa universal retornável

28/03/2019

Imagem - Garrafas de Coca-Cola. Foto: DeymosHR/shutterstock.com

Garrafas de Coca-Cola. Foto: DeymosHR/shutterstock.com

Muito se tem discutido sobre a conscientização ambiental dos consumidores e a exigência para que as marcas sejam mais sustentáveis. Agora, já se pode colocar na lista mais uma prática a favor do meio ambiente vinda de uma grande companhia de refrigerantes: a Coca-Cola. A empresa lançou uma garrafa universal retornável para algumas de suas marcas, como Coca-Cola, Coca-Cola sem açúcar, Fanta Uva, Fanta Laranja, Fanta Guaraná, Sprite e Guaraná Jesus de 1,5 e 2 litros. 

As garrafas são fabricadas com um plástico especial para PET e podem ser reutilizadas 25 vezes. Com isso, a empresa deixará de colocar mais de 200 milhões de PETs no mercado. Os rótulos são feitos de papel e também são recicláveis.

As vantagens desse modelo são a certeza de que as garrafas voltarão às fábricas e serão reutilizadas, independentemente de fatores externos, como a destinação dada pelo consumidor a seus resíduos. Além disso, é um produto que, por ser retornável, é mais acessível para as pessoas, e agora ainda pode ser substituído por alguma outra das marcas de refrigerantes da companhia.    

A embalagem foi planejada e executada no Brasil e estará disponível em toda a América Latina. Ela é mais leve do que a anterior (redução de 14% na composição), o que representa vantagem ao meio ambiente, já que reduz a emissão de gases estufa na fabricação. A tampinha também é produzida com uma quantidade menor de plástico.

Esse movimento torna o produto mais acessível ao consumidor e é possível fazer um controle maior sobre a destinação final após o uso. As novas peças já estão sendo comercializadas na região Centro-Oeste e chegam ainda este ano a São Paulo, ao Nordeste e ao Rio de Janeiro. A meta é que todas as marcas tenham garrafa universal.

A Coca-Cola investiu R$ 100 milhões nesse projeto, especialmente na instalação de um maquinário novo para fabricar as garrafas.

Fonte: Folha de S.Paulo e Coca-Cola

Texto produzido em 31/10/2018

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados