Recicla Sampa - Embalagens de margarina são recicláveis, mas precisam estar limpas
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Embalagens de margarina são recicláveis, mas precisam estar limpas

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Confira duas dicas para retirar o excesso de margarina do pote antes de descartar. Foto: BOROFOTOS / shutterstock.com

Fabricadas em plástico polipropileno (PP), as embalagens de margarina são recicláveis, mas precisam ser descartadas corretamente.  

Aqui na cidade de São Paulo, embalagens de PP interessam para as cooperativas de reciclagem e são detectadas e separadas pelos sensores das Centrais Mecanizadas de Triagem.

Ou seja, é só você dar aquele tapa, tirar ao máximo o excesso de margarina e pronto.

Basta descartar no lixo reciclável e encaminhar para a coleta seletiva!

Dica de reciclagem

Atenção! Para garantir a reciclagem, é muito importante retirar o que sobrou de margarina do pote.

O ideal é retirar o excesso de material orgânico sem ajuda de água, mas temos duas dicas caso você tenha dificuldade.

A primeira é colocar um pouco de água morna, fechar bem e dar umas balançadas.

A segunda é colocar um pouco de água e depois levar ao micro-ondas por 10 segundos.

Pronto, aí é só escorrer a água e esperar secar antes de descartar!

Qualy compensa 100% das embalagens

Líder isolada da categoria e portanto a maior responsável pelas milhões de embalagens plásticas de margarina descartadas todos os anos no Brasil, a Qualy é pioneira em compensar 100% de sua produção com uma estratégia de logística reversa.  

A iniciativa conta com a parceria da eureciclo e compensou mais de quatro mil toneladas de plástico nos últimos seis meses.

Mas como assim compensou? A Qualy coletou e reciclou ou não todas as suas embalagens? Não!

É importante deixar claro que a marca não garante a coleta adequada e a reciclagem de todas as suas embalagens, fabricadas em polipropileno (PP), tipo de plástico ainda com baixíssima reciclabilidade no Brasil. Não é isso!

Ela garante a reciclagem da mesma quantidade do tipo de plástico utilizado em seus processos de produção e assim ajuda a promover toda a cadeia de reciclagem do PP.

E isso é importante mesmo, já que as estimativas dos pesquisadores indicam que o resíduo demora entre 250 e 400 anos para se decompor no meio ambiente.

E você não leu errado! Aquela embalagem da margarina que você passa no pão pela manhã pode demorar até quatro séculos para desaparecer. E isso não é razoável, vai?

Portanto, descarte corretamente as embalagens de margarina!


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024