Estudantes criam absorvente 100% biodegradável

26/11/2020

Imagem - Alunas da ETEC Conselheiro Antônio Prado, em Campinas, desenvolveram o produto e distribuíram para teste entre as estudantes do colégio. Foto: Razões para Acreditar

Alunas da ETEC Conselheiro Antônio Prado, em Campinas, desenvolveram o produto e distribuíram para teste entre as estudantes do colégio. Foto: Razões para Acreditar

Em Campinas, as alunas da Escola Técnica Estadual (ETEC) Conselheiro Antônio Prado, Alexa, Aline, Clara e Flora inventaram um absorvente 100% biodegradável que se decompõe em seis meses, diferente dos convencionais que demoram cerca de 100 anos para se degradar.

Batizado com o nome de BioAbs, o produto é feito a partir de tecido de algodão, amido de milho e bucha vegetal. “A proposta era desenvolver algo em cima da resolução de um problema, e a ideia do absorvente partiu delas. Foi uma escolha interessante, uma vez que esse tipo de produto dificilmente a sociedade vai deixar de utilizar, apesar de algumas alternativas já existirem “, comentou Erica Gayego, professora e orientadora do grupo.

Testes                                                       

As estudantes distribuíram a criação para um grupo de 153 alunas da mesma escola e o feedback das participantes foi bem positivo. Cerca de 83% das usuárias afirmaram que usariam o absorvente ecológico e 17% disseram que acharam o máximo o produto ser biodegradável. Dentre as mulheres que testaram, nenhuma deu uma opinião negativa.

A criação das alunas foi inscrita no Prêmio Inovar Solvay realizado pela Rhodia, indústria química, e ficou em segundo lugar. O primeiro lugar ficou para um estudante da mesma escola técnica que criou um biorreator que ajuda a reduzir a poluição atmosférica.

Fonte: The Greenest Post

Texto produzido em 22/07/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados