Pinguins da Antártica já possuem microplástico no organismo

22/05/2020

Imagem - Antes dos resultados, os pesquisadores acreditavam que a presença do material na dieta dos animais fosse reduzida. Foto: Eamonn Maguire / Unsplash

Antes dos resultados, os pesquisadores acreditavam que a presença do material na dieta dos animais fosse reduzida. Foto: Eamonn Maguire / Unsplash

Uma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Coimbra (UC), em Portugal, mostrou que foram encontrados microplásticos (partículas de plástico com menos de 5 milímetros de comprimento) no organismo de pinguins da Antártica. O resultado aponta que a poluição já é presente na alimentação dos animais.

Estudiosos analisaram 80 amostras de fezes de pinguins da espécie gentoo Pygoscelis papua e encontraram plástico em 20% delas. Os resultados da pesquisa foram publicados na Scientific Reports, uma importante revista do segmento.

Os indicadores apontaram que existem partículas de diversos tamanhos, formatos e cores, o que mostra que há uma grande variedade de microplásticos no ambiente onde vivem os animais. Antes dos resultados, os pesquisadores acreditavam que a presença do material na dieta dos animais fosse reduzida.

Para a pesquisadora Filipa Bessa, principal autora do estudo, é preocupante que microplásticos já tenham chegado à Antártica. Ela diz ainda que a variedade de plásticos encontrados dentro dos pinguins dificulta a busca por uma solução.

Fonte: O Globo

Texto produzido em 09/04/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados