Recicla Sampa - Sprite muda cor da garrafa para facilitar reciclagem
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Sprite muda cor da garrafa para facilitar reciclagem

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Garrafas PET transparentes aumentam reciclabilidade das embalagens. Foto: Divulgação / Coca-Cola

Fabricado pela multinacional The Coca-Cola Company, o Sprite vai mudar a cor das suas garrafas PET para facilitar a reciclagem.

De acordo com executivos da companhia, o famoso refrigerante será agora envasado em uma garrafa PET transparente, cor que aumenta a reciclabilidade das embalagens.

O PET sem pigmentação, explicam os especialistas, além de facilitar os processos da cadeia de reciclagem, tem maior valor de mercado.

No Brasil, as novas garrafas começaram a chegar às prateleiras no último mês de agosto.

Para o final de 2022, a estimativa é que cerca de 70% das embalagens já contenham resina reciclada.

Impacto ambiental da garrafa pet

Esse substituição do vidro por PET foi um verdadeiro desastre para o meio ambiente.

Hoje em dia, garrafas plásticas são os resíduos plásticos mais encontrados nos mares do planeta e representam 14% de todo o lixo descartado nos oceanos.

Pesquisadores falam em no mínimo 100 anos e algumas estimativas apontam para até 800 anos para sua decomposição total na natureza.

Reciclagem com garrafa pet

O PET é um material reciclável e pode ser refundido e moldado várias vezes. É possível fabricar novas garrafas e também outros itens com o PET reciclado.

De acordo com o último Censo da Reciclagem do PET no Brasil, reciclamos 55% das embalagens PET descartadas pela população em 2019.

São aproximadamente 311 mil toneladas, 12% acima do que foi registrado em 2018. É um mercado de R$ 3,6 bilhões e corresponde a 36% do faturamento total do setor no país.

Apesar da reciclabilidade relativamente alta, ela ainda é insuficiente. Portanto, o ideal é evitar o consumo de PET e de qualquer outro derivado do petróleo.

Em 2022, o quilo de PET passou o preço médio de R$ 4 e se aproximou do valor do alumínio, campeão brasileiro da reciclagem.


Últimas

Notícias

São Paulo mais que dobra coleta de resíduos com logística reversa

Volume passou de 302,51 mil toneladas em 2012 para 828,42 mil toneladas em 2023

16/07/2024
Notícias

Presidente Lula assina lei de incentivo à reciclagem no Brasil

Objetivo é reduzir custos operacionais e dinamizar cadeia produtiva do setor

15/07/2024
Notícias

Julho Sem Plástico é um convite para a reflexão

Ideia surgiu para desafiar pessoas a reduzirem consumo de plásticos descartáveis

12/07/2024
Dicas de Reciclagem

Lojas Melissa têm pontos de coleta de calçados da marca

Iniciativa de sustentabilidade garante destinação adequada aos chinelos e sandálias

11/07/2024