Campanha conecta pessoas para promover bairro mais verde em São Paulo

12/08/2019

Imagem - Nelma Zero, uma das responsáveis pela ação, expõe os trabalhos feitos pela região da zona oeste. Foto: Atelier de Imagem

Nelma Zero, uma das responsáveis pela ação, expõe os trabalhos feitos pela região da zona oeste. Foto: Atelier de Imagem

A partir de conversas simples podem surgir trocas muito ricas de informações, parcerias e oportunidades. Foi com esse intuito que o Recicla Pinheiros, campanha criada para promover ações sustentáveis pelo bairro, reuniu na FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), no dia 7 de agosto de 2019, moradores, comerciantes e interessados para expor os trabalhos da iniciativa pela região.

Liderada por duas empresas, a Atuação CC e a Triciclos, a iniciativa, lançada em maio, reúne suas ações nas redes sociais, principalmente no Instagram, que já conta com mais de mil apoiadores. “É um público muito interessado, toda semana respondemos várias mensagens”, diz Nelma Zero, diretora executiva da Atuação CC, que apresentou as ações realizadas pelas redes sociais.

A ferramenta tem sido protagonista no engajamento da causa. Conteúdos que visam a conhecer e explorar melhor o bairro, localizado na zona oeste da capital, além de depoimentos de moradores, comerciantes e frequentadores de Pinheiros, foram fundamentais para comunicar a importância de unir forças em torno de uma comunidade sustentável e concretizar ações.

Para se ter uma ideia, junto com um grupo de corrida com foco em recolher lixo durante seus trajetos pela cidade, o PloggingSP, o Recicla Pinheiros realizou uma caminhada de três quilômetros pelo bairro e coletou cerca de 52 quilos de resíduos: mais de 1.087 bitucas de cigarro foram recolhidas.

“As ruas pareciam aparentemente limpas, mas quando juntamos os microlixos vimos o quanto faz diferença descartar corretamente”, relembrou Paula Gabriel, gerente de comunicação da TriCiclos, uma das responsáveis pela campanha.

Os resíduos foram levados para o mercado Quitanda, que fica no bairro. O espaço conta com um ecoponto para descarte de materiais recicláveis, como papéis, plásticos, vidros, metais e também para resíduos que requerem descartes especiais, como chapas de raio-x. Outra edição dessa caminhada está prevista para setembro.

Incentivando uma grande rede de pessoas, o Recicla Pinheiros também trabalhou na conexão entre profissionais sustentáveis que buscavam parceiros para efetivarem suas ações. Uma marca de cosméticos naturais, por exemplo, a Yourself, procurava por borras de café para fazer pesquisas com o composto. A campanha, então, uniu aqueles que produziam esse tipo de insumo com a empresa de beleza.

“Esses tipos de conexões promovidas pelo movimento são importantes. Eu, por exemplo, tenho um brechó na região e trabalho muito essa questão de reaproveitamento de roupas, gostaria de me conectar com outras empresas que podem nos ajudar nesse sentido”, contou Fabíola Loureiro, 37 anos, uma das proprietárias da loja Acervo de Coisinhas.

Além de conectar empresas e pessoas que tinham o mesmo propósito, o Recicla Pinheiros também mapeou os estabelecimentos que tinham alguma prática em prol do meio ambiente proposta pela campanha. Os locais que apresentavam pontos de coleta, descarte consciente de seus produtos e alguma experiência sustentável para o cliente ganhavam um selo da campanha. Fixado, geralmente, logo na vitrine.

“Em breve, criaremos um mapa online de sustentabilidade na região, onde indicaremos os locais amigos do meio ambiente, pontos de coleta e outras informações. Será nossa grande contribuição para o bairro”, finalizou Nelma Zero.

 

Texto produzido em 08/08/2019

Tags: matérias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados